MINAS GERAIS

Mãe e filho com deficiência são encontrados mortos dentro de casa

Ela pode ter morrido do coração e o filho, paraplégico e dependente de medicações, pode não ter resistido ao ficar sem assistência

Vinícius Lemos - Especial para o EM
postado em 13/10/2021 22:50
 (crédito: Vinícius Lemos)
(crédito: Vinícius Lemos)

Os corpos de mãe e filho foram encontrados nesta quarta-feira (13/10) dentro de casa em Uberlândia, no Triângulo Mineiro, no que parece terem sido mortes naturais trágicas. Como o rapaz era dependente dos cuidados maternos, ela pode ter morrido e ele, sem poder se movimentar, morreu dias depois.

Ilza Maria Assunção, de 56 anos, estava sem se comunicar com a família desde domingo (10/10), quando conversou por telefone com parentes. Desconfiado, um dos irmãos dela foi até a casa da mulher nesta tarde, no Bairro Tocantins, zona oeste da cidade. Ele a encontrou caída, já morta, e, ao entrar na residência, também viu o sobrinho, Breno dos Reis Gomes de Assunção, de 19 anos, sem vida.

Tanto a Polícia Militar (PM) quanto Corpo de Bombeiros e a perícia da Polícia Civil foram acionados. Não foram encontradas marcas de violência nos corpos em um primeiro momento.

A teoria inicial é que Ilza Assunção tenha morrido por problema cardíacos, uma vez que recentemente passou por procedimento cirúrgico do coração. Como Breno de Assunção era tetraplégico e necessitava de medicação constante, ele teria morrido posteriormente pela falta do cuidado ou mesmo de fome ou sede por não poder se movimentar.

De toda forma, os corpos vão passar por exames no Instituto Médico Legal (IML) e um relatório é aguardado para determinar a verdadeira causa das mortes.

Existem dúvidas que devem ser tiradas com relação à forma como os corpos foram encontrados, uma vez que já estavam em fase decomposição que, aparentemente, indicaria maior tempo da morte. O que não seria possível determinar apenas com a verificação no local, mas sim com exame mais detalhado.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE