Passou por apuros

Gato fica preso em concertina e é resgatado pelo Corpo de Bombeiros

Depois de ser retirado do local, felino foi encaminhado a uma clínica veterinária de Araxá, no Alto Paranaíba

Talysson Oliveira - Estado de Minas
postado em 23/11/2021 15:45
Para evitar mais lesões, os Bombeiros precisaram ter cuidado redobrado no resgate do animal -  (crédito: Corpo de Bombeiros de Araxá / Divulgação)
Para evitar mais lesões, os Bombeiros precisaram ter cuidado redobrado no resgate do animal - (crédito: Corpo de Bombeiros de Araxá / Divulgação)

Um gato passou por apuros ao tentar pular uma cerca de concertina. Ele ficou preso no arame de segurança em três partes do corpo, boca, patas e barriga. Os Bombeiros foram chamados para o resgatar o animal, que precisou ser encaminhado a uma clínica veterinária.

O fato aconteceu no bairro São Geraldo, nessa segunda-feira (22/11), em Araxá, no Alto Paranaíba. Para salvar o animal com vida e evitar o agravamento das lesões, o gato teve de ser retirado com parte da concertina ainda no corpo.

Após perceberem que o gato estava preso, moradores acionaram o resgate
Após perceberem que o gato estava preso, moradores acionaram o resgate (foto: Corpo de Bombeiros de Araxá / Divulgação)

Depois do resgaste, ele foi recebido em uma clínica veterinária da cidade, onde foi medicado e submetido ao procedimento de sutura por voluntários.

De acordo com Corpo de Bombeiros, o bichano ficará em observação até que possa ter condições de ser encaminhado ao gatil municipal.

Animal já suturado e medicado na clínica veterinária
Animal já suturado e medicado na clínica veterinária (foto: Corpo de Bombeiros de Araxá / Divulgação)

  • Animal já suturado e medicado na clínica veterinária
    Animal já suturado e medicado na clínica veterinária Foto: Corpo de Bombeiros de Araxá / Divulgação
  • Após perceberem que o gato estava preso, moradores acionaram o resgate
    Após perceberem que o gato estava preso, moradores acionaram o resgate Foto: Corpo de Bombeiros de Araxá / Divulgação
Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE