BR-153: acidente mata 5

Ônibus que saiu de São Paulo para Brasília cai em ribanceira na Grande Goiânia às vésperas do Natal. Polícia Civil investiga

SAMARA SCHWINGELGABRIELA CHABALGOITY*
postado em 24/12/2021 00:00

A Polícia Civil de Goiás (PCGO) abriu investigação para apurar o tombamento de um ônibus na BR-153 que saiu de São Paulo e vinha para Brasília. Às vésperas do Natal, cinco pessoas morreram e dezenas ficaram feridas. Segundo os investigadores, o ônibus desceu a pista da BR-153 pela faixa da esquerda, pois havia desvio demarcado por cones e uma viatura da Triunfo Concebra. O motorista estaria com o controle da direção do ônibus comprometida. Ele passou pelo teste do bafômetro, que deu negativo.

O caso está com a Delegacia de Trânsito. Segundo a delegada Adriana Fernandes, logo após o choque do ônibus com os cones e a viatura, uma carreta que subia em sentido contrário colidiu com o ônibus, que saiu da pista e caiu na ribanceira. O motorista do caminhão passa por cirurgia. "Pedi a volta do motorista da viatura da Triunfo no local para melhor esclarecer a dinâmica".

Em nota, a empresa Real Expresso, responsável pelo ônibus, lamentou o acidente e disse que equipes estão dando atendimento médico e hospitalar às vítimas. "As causas do acidente serão apuradas em procedimento interno da empresa, como também pelas investigações oficiais. E estamos trabalhando em conjunto com as Polícias Rodoviária e Civil para que tudo seja o quanto antes esclarecido", disse o comunicado. Já a Triunfo Concebra informou que 46 pessoas estavam envolvidas no acidente: cinco mortos dentro do ônibus; 40 feridos dentro do ônibus; um motorista do caminhão ferido.

"O ônibus que trafegava sentido Goiânia, por motivos a serem apurados, não respeitou a sinalização, invadiu a linha divisória de pista e chocou-se contra a lateral de uma viatura da concessionária, em seguida, colidiu frontalmente com uma carreta, vindo ainda a sair de pista e tombar em área lateral a rodovia", afirmou a Triunfo.

No local, foi instalado um sistema de triagem para que as vítimas pudessem ser atendidas com maior rapidez. De acordo com o Corpo de Bombeiros Militar do Estado de Goiás (CBMGO), cerca de 15 pessoas foram encaminhadas ao hospital. As vítimas foram levadas para Hospitais de Urgência e Unidades de Pronto Atendimento (UPA) de Goiânia.

*Estagiária sob a supervisão de Andreia Castro

 

Tags

CONTINUE LENDO SOBRE