OPERAÇÃO DE RISCO

Homem fica mais de 2h preso às ferragens após carreta tombar em Minas

Bombeiros falam que o trabalho para resgatar a vítima às margens da rodovia foi 'minucioso'; acidente aconteceu na tarde desta quinta-feira (13/1)

Bruno Luis Barros - Especial para o EM
postado em 13/01/2022 22:54 / atualizado em 13/01/2022 22:56
 (crédito: Corpo de Bombeiros/Divulgação)
(crédito: Corpo de Bombeiros/Divulgação)

Um homem de 29 anos ficou gravemente ferido após a carreta que ele conduzia tombar em uma curva na BR-265, em Barbacena, na região mineira do Campo das Vertentes. O veículo transportava uma carga de leite, quando se envolveu em um acidente nesta tarde na altura do km 210 da rodovia. Após cerca de 2 horas e 30 minutos de trabalhos, o Corpo de Bombeiros conseguiu liberar a vítima das ferragens.

Assim que chegaram ao local, os militares identificaram que o motorista estava consciente e orientado. Ele também apresentava queixa de dores no pescoço, tórax e nas pernas, que, do joelho para baixo, não estavam visíveis.

“Logo, foi necessária a utilização de equipamento desencarcerador, além de pé de cabra e arco de serra para remover a vítima”, detalha a corporação em nota, acrescentando que o veículo seguia no sentido Barroso a Barbacena.

Após a retirada, o homem foi entregue aos cuidados do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Em nova avaliação, a equipe constatou fratura exposta no tornozelo e ferimento corto-contuso (com fundo irregular).

“Com o impacto do acidente, a cabine ficou bastante amassada. O motorista estava muito prensado, com as pernas presas entre as ferragens e o solo. Devido ao amassamento da cabine e deslocamento do motorista para a lateral direita, foi necessário um trabalho bastante minucioso”, avalia a corporação.

Não há indícios de envolvimento de outros veículos no acidente. No entanto, a perícia foi acionada para realizar os trabalhos de investigação.

A Polícia Militar Rodoviária ficou responsável pelo trânsito. Metade da pista precisou ser interditada.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE