MANIFESTAÇÃO

Organizações ambientais preparam greve global pelo clima em Brasília

Após Ato Pela Terra, a nova manifestação em prol da natureza está marcada para 25 de março

Aline Brito
postado em 17/03/2022 23:48 / atualizado em 24/03/2022 08:34
 (crédito: Reprodução/Instagram)
(crédito: Reprodução/Instagram)

Mais uma manifestação pelo cenário ambiental do planeta está marcada para ocorrer em Brasília. Na sexta-feira, 25 de março, a partir das 15h, jovens, organizações, militantes, ambientalistas e a população em geral vão se reunir em frente ao Congresso Nacional na Greve Global pelo Clima, com foco nas mudanças climáticas e meio ambiente brasileiro. Outras 19 cidades também serão palco da mobilização (confira no fim da matéria). 

Além da manifestação dia 25 em frente ao Congresso Nacional, haverá ensaio de baterias e oficina de cartazes na quarta-feira (23/3). O evento está sendo organizado pelo movimento ambiental Fridays For Future (FFF), que tem como fundadora a ativista ambiental Greta Thunberg. Em Brasília, a organização tem como núcleo o Jovens Pelo Clima (JPC-BSB), que está à frente do ato.

Em todo o Brasil, socioambientalistas, povos indígenas, quilombolas, comunidades tradicionais, estudantes, trabalhadores, movimentos sociais e populares, ONGs, religiosos e acadêmicos fazem parte da mobilização. 

A expectativa é que, no dia 25 de março, 80 países e mais de mil cidades participem da greve. “Na última greve, realizada em 24 de setembro de 2021, tivemos adesão de 90 países e 1327 cidades. É esperado que seja semelhante nessa”, afirmou a militante Betina Gosch Marques, organizadora do evento.

“Apesar de ser chamado de Greve no contexto internacional, no brasileiro equivale a uma manifestação”, explicou Betina. No Brasil, o tema da manifestação é “Ruína ou Revolução” e, em outros países, “Pessoas Não Lucro”. “As expressões foram adotadas para relembrar que somente mudanças estruturais e sistêmicas poderão reverter a situação de colapso socioambiental que já se espalha por todo o globo”, disse a militante.

Reivindicações

“Vivemos um colapso ambiental e social que é a história de um modelo socioeconômico e produtivo essencialmente falho, que precisa ser substituído urgentemente”, garante o movimento. Essa é a diretriz que irá reger o ato. As pautas que serão levantadas durante a manifestação são exigências de políticas de combate ao racismo ambiental, à fome e ao agronegócio; políticas de promoção à soberania alimentar; demarcação de terras indígenas, quilombolas e povos tradicionais, em que será abordado o Marco Temporal; o fim do desmonte de órgãos ambientais como o IBAMA, ICMBIO e FUNAI; reforma agrária e urbana; suspensão do Pacote de Veneno e PLs de destruição; e políticas de prevenção aos desastres ambientais (como o da Bahia, Maranhão e Petrópolis).

“É necessário enfrentar a raiz do problema, entender que a luta climática também é luta de classes!”, exclamou o movimento Jovens Pelo Clima. “Vamos às ruas no dia 25 para pedir por justiça social e ambiental. Quando a realidade nos leva para a ruína, nós temos que lutar para fazer revolução. Precisamos deixar de lado o moralismo e nos articular popularmente. Somente a luta e o conhecimento antigos e contemporâneos dos países marginalizados podem trazer soluções viáveis para que uma crise ainda maior não aconteça”, afirmou.

Para a Greve Global Pelo Clima, o movimento Jovens Pelo Clima ainda reforça que “todas as pessoas, especialmente jovens de 14-25 anos, estão convidadas a somarem na Greve, bem como a construir e ingressar no JPC.”

Marque na agenda

Greve Global pelo Clima
Quando: Sexta-feira, 25/3, às 15h
Local: Em frente ao Congresso Nacional

Pelo Brasil: 

SP – São Paulo – 17h – no MASP (Av. Paulista)
SP – Santo André – 17h – Av. das Nações, 2878 – Pq. Novo Oratório
RJ – Rio de Janeiro – 17h – Largo da Carioca
RJ – Volta Redonda – 14h – Praça Brasil
MG – Belo Horizonte – 14h – Praça da Estação
MT – Cuiabá – 17h – UFMT (Instituto de Educação/ Letras)
AM – Manaus – 17h – frente ALEAM (Assembleia Legislativa)
PA – Belém – 09h – frente ao Palácio do Governo do Estado (Av Almirante Barroso, bairro Marco)
PA – Altamira – 17h – Praça do Trapiche
CE – Fortaleza – 14h – Aterro da praia de Iracema, esquina c/ Av. Rui Barbosa
BA – Salvador - 17h – Praia Stella Maris (em frente ao Stella Surf School)
PE – Recife – 16h – Marco Zero
RN – Natal – 16h – em frente ao Midway Mall
RN – Mossoró – 10h30 – Roda de Conversa no IFRN Campus Mossoró
RS – Porto Alegre – 17h - Usina do Gasômetro
RS – Viamão – 15H – Praça Júlio de Castilho
RS – Pelotas – 16h – em frente ao Mercado Público
PR – Curitiba (26/03) – 15h – Praça Santos Andrade

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE