carnaval

Grande Rio leva pombagira para a avenida

Correio Braziliense
postado em 25/04/2022 00:01
 (crédito:  MAURO PIMENTEL/AFP)
(crédito: MAURO PIMENTEL/AFP)

Na noite de sábado, a Acadêmicos da Grande Rio levou para a Sapucaí um samba-enredo em homenagem a Exu, o primeiro dos orixás. Rainha de bateria, a atriz Paolla Oliveira foi vestida de pombagira, considerada a representação feminina de Exu. A escola encerrou a apresentação aos gritos de "é campeã". O desfile foi parar nos assuntos mais comentados do Twitter. A escola também contou com a presença de diversos famosos. Além da rainha de bateria, o namorado dela, Diogo Nogueira, também desfilou, e os ex-BBBs Gil do Vigor, Camilla de Lucas e Pocah.

O samba-enredo Fala, Majeté! Sete chaves de Exu, de Gabriel Haddad e Leonardo Bora, destacou a bondade de Exu e buscou alertar para o equívoco de associar a imagem da entidade com algo ruim. Exu veio representado pelo ator Demerson D'Alvaro.

Exu é o orixá que faz a comunicação entre os humanos e as divindades, tanto para a Umbanda quanto para o Candomblé. Já a pombagira é representada por uma mulher sensual e independente. Ela é considerada uma mensageira entre o mundo dos humanos e o espiritual.

São Paulo

Na capital paulista, o domingo de sol animou foliões, que aproveitaram os blocos de carnaval fora de época. Milhares estiveram presentes no Acadêmicos do Baixo Augusta, no Vale do Anhangabaú, e também na Charanga do França, no bairro de Santa Cecília, entre outros grupos que animaram o domingo.

O Acadêmicos do Baixo Augusta contou com uma grande estrutura feita pela própria organização para receber 20 mil pessoas. Foram contratados mais de 300 seguranças e 60 bombeiros. Bares e banheiros químicos foram montados no espaço.

Rainha de bateria do Baixo Augusta, a atriz Alessandra Negrini usou uma fantasia inspirada no tema Rainha dos Espelhos. "Pensamos em algo que remetesse a um futuro mais iluminado, mais alegre, mais feliz", disse.

Já o Charanga do França precisou de medidas paliativas para organizar seu desfile sem o apoio da Prefeitura. Por meio das redes sociais, o grupo lançou uma campanha para receber doações. De acordo com o último balanço, pouco mais de R$ 8 mil haviam sido arrecadados.

Tags

CONTINUE LENDO SOBRE