Educação

Inscrições do Enem começam em maio

Thays Martins
postado em 30/04/2022 00:01

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Enem) divulgou, ontem, o edital do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2022. As versões impressa e digital da avaliação serão aplicadas em 13 e 20 de novembro, e as inscrições poderão ser feitas entre 10 e 21 de maio, pela Página do Participante, no site do Inep.

Para quem não conseguiu isenção, a taxa de inscrição, no valor de R$85, deverá ser paga entre 10 e 27 de maio. O prazo final para recursos dos estudantes que tiveram o pedido de isenção da taxa de inscrição negado terminou ontem.

A versão impressa do exame será aplicada em todos os estados e no Distrito Federal. Já para a versão digital, foram disponibilizadas 101.100 vagas nos municípios listados no edital. Nessa versão, o exame também é aplicado nos locais de prova indicados pelo Inep já que não existe a opção de fazer o exame em casa, nem em computador particular. No Enem digital, o estudante responderá 180 questões digitalmente, mas fará uma redação manuscrita.

Segundo o edital, não será possível alterar a opção de prova impressa para digital após a inscrição. Ainda de acordo com o Inep, todas as questões da prova serão inéditas. Como acontece nos últimos anos, o exame será aplicado em dois domingos. No primeiro, em 13 de novembro, o candidato responderá a 45 questões de linguagens, 45 questões de ciências humanas e produzirá a redação.

Já no segundo, 20 de novembro, a prova terá 45 questões de matemática e outras 45 questões de ciências da natureza. Neste ano, outra novidade é que serão aceitos como identificação, pela primeira vez, os documentos digitais e-Título, Carteira Nacional de Habilitação (CNH) Digital e RG Digital. Mas, é preciso apresentar nos aplicativos oficiais. Capturas de telas não serão aceitas.

Este ano também trará a novidade da possibilidade de tratamento pelo nome social. Segundo o Inep, o participante que se identifica e quer ser reconhecido socialmente pela sua identidade de gênero (participante transexual, travesti ou transgênero) e que já tem o respectivo nome cadastrado na Receita Federal será identificado pelo nome social no momento da inscrição.

Os que não têm o nome cadastrado na Receita poderão solicitar o tratamento após a inscrição, no período de 23 a 28 de junho, pela Página do Participante. Para esse procedimento, será necessário apresentar os seguintes documentos: foto atual, colorida, com fundo branco que enquadre desde a cabeça até os ombros, de rosto inteiro, sem uso de óculos escuros e artigos de chapelaria (boné, chapéu, viseira, gorro ou similares); e cópia digitalizada, frente e verso, de um dos documentos de identificação oficiais com foto, válido.

Documentos enviados fora do prazo ou externos à Página do Participante não serão aceitos. Toda a documentação deverá ser anexada e enviada em formato PDF, PNG ou JPG, com tamanho de, no máximo 2MB. (Colaborou Maria Eduarda Cardim)

Tags

CONTINUE LENDO SOBRE