MINAS GERAIS

Mulher de 45 anos desaparecida é encontrada morta por estrangulamento

Auxiliar de produção Lucimara Andrade tinha 45 anos e desapareceu na última sexta-feira (29/4)

Magson Gomes - Portal Terra do Mandu
postado em 03/05/2022 11:05
 (crédito: Redes sociais/Reprodução)
(crédito: Redes sociais/Reprodução)

Lucimara Andrade foi encontrada morta no domingo (1/5), com possíveis sinais de estrangulamento. O corpo estava no final da Rua Serra da Canastra, no Bairro Serra Morena, em Pouso Alegre. Ela vestia as mesmas roupas que usava quando desapareceu na sexta-feira (29/4) e estava com o celular e documentos. A policia abriu investigação, mas, ainda não há indicação de suspeitos. Ela foi enterrada às 12h, no Cemitério Jardim do Céu, no município.

Ela era casada e tinha dois filhos, Wesley de 16 anos, e Matheus, de 22. Lucimara trabalhava como auxiliar de produção na General Mills e morava com a família, no Bairro Bella Itália, na região do Faisqueira. O corpo dela estava há mais de 12 km de distância da residência. Ela desapareceu na sexta-feira (29/04) e foi vista na data, pela última vez, perto da rodoviária.

Um boletim de ocorrência de desaparecimento foi feito no dia seguinte. O tenente Michel Galeno, que estava na ocorrência, acrescentou que “no banco de dados da Polícia Militar não havia nenhum tipo de registro de violência doméstica”, anterior ao crime.

Detalhes de onde o corpo foi encontrado


“Nós chegamos ao local e tinha realmente um corpo jogado num terreno baldio. Depois, a perícia técnica da Polícia Civil compareceu”, conta o tenente. "O corpo estava em um local de fácil visualização. Ela estava vestida e jogada no mato, com sinais de violência.

A reportagem foi até o terreno baldio onde Lucimara foi encontrada. O local fica em uma rua sem saída, próximo a terrenos baldios e construções. Fitas de isolamento ainda estão presas em um poste e do outro lado da rua. O capim está todo abaixado no local onde o corpo dela estava. O celular e documentos de Lucimara foram levados pela perícia, junto com o corpo.

O desaparecimento e a investigação


A última vez que a mulher foi vista foi no Centro de Pouso Alegre teria sido na sexta-feira (29/4).“Ela desapareceu no dia 29 e no mesmo dia foi feito esse boletim de ocorrência de forma virtual. Foi nas imediações da rodoviária, mas precisamente na Praça Dr. Jorge Beltrão”, conta o tenente.

A reportagem foi até o terreno baldio onde Lucimara foi encontrada. O local fica em uma rua sem saída, próximo a terrenos vagos e construções. Fitas de isolamento ainda estão presas em um poste e do outro lado da rua. O capim está todo abaixado no local onde o corpo dela estava. O celular e documentos de Lucimara foram levados pela perícia, junto com o corpo.

Policiais militares fizeram buscas em operação conjunta com a Polícia Civil. O marido teve o veículo, celulares, uma camisa e um par de tênis apreendidos para análise pericial. Ele foi levado para a delegacia, prestou depoimento e foi liberado. A PM pede que pessoas que tiverem informações façam denúncia, que pode ser anônima, pelos telefones 190 e 181.

Em nota, a Polícia Civil detalha que "instaurou inquérito policial para elucidar as circunstâncias e autoria do crime, imediatamente após o corpo da mulher de 45 anos ter sido encontrado com sinais de violência, neste domingo (1º/5). A equipe da Delegacia de Homicídios, da Regional da PCMG, em Pouso Alegre, está realizando os procedimentos investigatórios e oitivas de pessoas que possam fornecer informações ou esclarecer fatos. Para que a investigação siga o curso da melhor forma possível, informações adicionais só serão divulgadas após a conclusão dos trabalhos".

O que é relacionamento abusivo?


Os relacionamentos abusivos contra as mulheres ocorrem quando há discrepância no poder de um em relação ao outro. Eles não surgem do nada e, mesmo que as violências não se apresentem de forma clara, os abusos estão ali, presentes desde o início. É preciso esclarecer que a relação abusiva não começa com violências explícitas, como ameaças e agressões físicas.

A violência doméstica é um problema social e de saúde pública e, que quando se fala de comportamento, a raiz do problema está na socialização. Entenda o que é relacionamento abusivo e como sair dele.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE