Com força e muita fé

Correio Braziliense
postado em 27/03/2022 00:01
 (crédito:  Marcelo Ferreira/CB/D.A Press)
(crédito: Marcelo Ferreira/CB/D.A Press)

Antes de chegar em Ceilândia, Consoelo Ribeiro Costa, 72 anos, trabalhava como manicure. Logo que recebeu sua casa na cidade, começou a trabalhar na Feira do Rolo-Piriquito, no Setor O, onde criou uma relação tão grande que hoje é presidente da feira e faz questão de zelar pelo local. "É um lugar maravilhoso e eu cuido com muito carinho porque é um lugar bom, proporciona emprego para tantas pessoas. Criei meus filhos aqui", conta.

Ela e o marido abriram um açougue na feira e, mesmo depois que ele morreu, Consoelo continuou administrando o estabelecimento sozinha. "Eu gosto de Ceilândia, porque tem um aconchego com a gente. É uma cidade boa, tranquila, todo lugar tem suas atribulações, mas aqui convivo há muitos anos e gosto demais."

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE