Morador do Lago Sul xinga delegado de macaco

O delegado é chefe da 3ª Delegacia de Polícia (Cruzeiro), e sofreu racismo no McDonald's da QI 23 do Lago Sul

Sarah Peres
postado em 07/08/2020 22:52 / atualizado em 08/08/2020 09:10
 (foto: Gustavo Moreno/CB/D.A Press)
(foto: Gustavo Moreno/CB/D.A Press)

O delegado Ricardo Viana, chefe da 3ª Delegacia de Polícia (Cruzeiro), foi vítima de injúria racial na noite desta sexta-feira (7/8), no McDonald's da QI 23 do Lago Sul. O suspeito é um morador do Lago Sul, que foi preso em flagrante. 

Conforme apuração do Correio, o acusado estava no estabelecimento de fast-food, quando proferiu ofensas contra o delegado. O suspeito chamou o investigador de "macaco", além de outros termos racistas. Ricardo estava acompanhado da filha, de 15 anos

O delegado Ricardo Viana abriu um boletim de ocorrência contra o suspeito, na 1ª Delegacia de Polícia (Asa Sul). O morador do Lago Sul foi encaminhado à delegacia. No veículo do acusado foi encontrada uma porção de maconha. 

Por meio de nota oficial, o McDonald's informou que "repudia toda e qualquer forma de discriminação e está à disposição das autoridades para colaborar nas investigações."

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação