Chás podem ajudar a melhorar a saúde; confira os benefícios

A prática de tomar chá pode ajudar a tratar problemas do dia a dia como estresse, insônia e TPM. Benefícios para a saúde têm impacto até no metabolismo

Jonathan Luiz*
postado em 10/08/2020 16:00 / atualizado em 10/08/2020 16:00
Com frete grátis, a BioChás tem um composto para cada situação: os chás podem ajudar em vários tratamentos
 -  (foto: Mel melissa maurer)
Com frete grátis, a BioChás tem um composto para cada situação: os chás podem ajudar em vários tratamentos - (foto: Mel melissa maurer)

Em meio aos problemas do cotidiano, o consumo de chás pode ser uma boa solução para ajudar a combater o estresse diário. O uso de plantas medicinais ajuda a tratar a TPM, problemas estomacais e até mesmo a ansiedade, por exemplo. E para contribuir nesse momento de isolamento social, a BioChás oferece variedades do produto.

A empresa foi criada na Chapada dos Veadeiros (GO), utilizando plantios de agrofloresta e biodinâmicos, com água de fonte natural e sem agrotóxicos. Na semana passada,  a empresa lançou um site especializado na venda de chás. São sete opções diferentes de produtos, cada um com benefício diferente para a saúde. As mercadorias estão com frete grátis para todo o DF no mês de agosto. E na compra de todos os pouches a pessoa ganha de brinde uma bolsa e uma máscara.

Vale lembrar que todos esses chás são artesanais. “O interesse nos chás é que as pessoas possam elas mesmas ter em casa recursos para situações que acontecem no dia a dia, como mal estar gástrico, sensação urinária ruim, TPM e, até mesmo problema de ansiedade”, destaca a médica Andréa Alvarenga, especialista em Fitoterapia, Medicina Ortomolecular e diretora da BioChás


Confira os chás

Paz do Moinho: chá com flores e delicadas plantas aromáticas, famosas por sua ação calmante e relaxante com excelente ação digestiva. Ele é composto de melissa ou cidreira verdadeira, lavanda, marcela do campo ou camomila, capim santo, cidreira, casca de limão, laranja ou lima.

Ventos do Moinho: composto de plantas que auxiliam o tratamento de gripes e resfriados e melhoram a imunidade. Leva melão de São Caetano, mil folhas, hortelã, tomilho, orégano ou manjerona, gengibre, casca de limão, laranja ou lima.

Terra do Moinho: feito com plantas digestivas que têm ação hepática e biliar. Composto de capim santo, cidreira, casca de limão, laranja ou lima, carqueja, orégano, manjericão ou alfavaca, orégano ou manjerona.

Feminino do Moinho: ajuda nas desordens menstruais, recuperação do pós-parto e auxilia em sintomas da menopausa. A sua fórmula leva amora preta, sálvia, algodoeiro, orégano ou manjerona, cavalinha, casca de limão, laranja ou lima.

Coração do Moinho: usa plantas diuréticas e depurativas. Atua no metabolismo. É feito com cabelo de milho, lágrima de Nossa Senhora, pata de vaca, dente de leão, chapéu de couro ou bate caixa, casca de limão, laranja ou lima.

Aromas do Moinho: utiliza ervas aromáticas/condimentares, usadas como tempero de alimentos ou chá refrescante e digestivo. É composto com hortelã, orégano ou manjerona, sálvia, alecrim, tomilho, manjericão ou alfavaca, casca de limão, laranja ou lima.

Açafrão e Gengibre: um composto de raízes antioxidantes e estimulantes com sabor rústico e energia vibrante. Nele vão cúrcuma ou açafrão da terra e gengibre nativo do Cerrado. Este composto é uma criação BioChás para uso medicinal ou alimentício.

 

Modo de preparo

O preparo é simples e fácil. Segue as instruções:

  1. Uma mão em concha de ervas ou uma colher de sopa bem cheia.
  2. 3 a 4 xícaras de água fervente. Coloque as ervas dentro de garrafa térmica ou em bule e derrame a água fervente.
  3. Deixe em infusão de 5 a 15 minutos, antes de servir. Coe se necessário.
  4. Para aproveitar mais os benefícios das plantas pode acrescentar outras 3 xícaras de água fervente às mesmas ervas.
  5. Para tomar o chá gelado prepare como indicado, espere esfriar e conserve na geladeira por 24h no máximo.

Serviço

Confira o site para conhecer mais sobre a empresa aqui

Loja: os produtos podem ser visto por aqui

Estagiário sob supervisão de

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação