Covid-19: DF passa dos 126 mil casos e chega a 1.608 mortes

Apenas nesta segunda-feira (10/8), 3.012 pessoas foram diagnosticadas com a doença e 29 perderam a vida

Correio Braziliense
postado em 10/08/2020 18:15 / atualizado em 10/08/2020 18:37
Passageiros na Rodoviária do Plano Piloto: concentração de pessoas cria ambiente favorável ao vírus -  (foto: Ed Alves/CB/D.A Press - 14/5/20)
Passageiros na Rodoviária do Plano Piloto: concentração de pessoas cria ambiente favorável ao vírus - (foto: Ed Alves/CB/D.A Press - 14/5/20)

O Distrito Federal continua a registrar, diariamente, crescimento dos casos do novo coronavírus. Apenas nesta segunda-feira (10/8), a capital teve 3.012 pessoas que testaram positivo para a covid-19. Além disso, 29 pessoas morreram devido à doença. Agora, o total de diagnosticados chegou a 126.069 e o de mortos, a 1.608. 

Apesar da quantidade de infectados, a Secretaria de Saúde considera que 106.419 pacientes estão recuperados da covid-19 e que há, portanto, 19.650 casos ativos. A pasta ainda contabiliza a morte de mais 154 pessoas que moravam em outras unidades da Federação, mas faleceram em hospitais locais.
Ceilândia continua como a região administrativa de maior incidência da doença. Ao todo, a cidade tem 15.754 infectados. Em seguida, está o Plano Piloto, que soma 10.194 notificações da doença, e Taguatinga, com 9.401 diagnosticados. Setor de Indústria e Abastecimento (SIA) (63), Fercal (79) e Varjão (185) são as cidades da capital com a menor quantidade de casos confirmados.

O crescimento diário de casos afeta diretamente a disponibilidade da unidade de terapia intensiva (UTI) exclusiva para pacientes com a covid-19. Levantamento mais recente da Secretaria de Saúde, divulgado nesta segunda, mostra que 77,07% do sistema da rede pública estava preenchido. Ao todo, são 548 pacientes e 752 leitos. Na rede privada, a sobrecarga é maior e a taxa de ocupação chega a 91,84%. A rede privada tem 287 vagas e, atualmente, registra 259 internações.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação