Sejus procura voluntários para trabalhos sociais; Veja como ajudar

A pasta lembra que os voluntários abraçam ações sociais e conquistam experiência profissional

Correio Braziliense
postado em 11/08/2020 12:25 / atualizado em 11/08/2020 12:25
 (foto: Divulgação/Sejus)
(foto: Divulgação/Sejus)

Ser voluntário traz benefícios pessoais e profissionais, ainda mais em tempo de pandemia, quando muitas pessoas precisam de ajuda. Dessa forma, a Secretaria de Estado de Justiça e Cidadania (Sejus) lembra que o trabalho de voluntário pode ser uma porta para o mercado de trabalho, além de fazer o bem para o próximo.

A Sejus esclarece que os voluntários abraçam ações sociais e conquistam experiência profissional. No DF, o Portal do Voluntariado possui 26.898 cadastros. Na prática, eles participam das mais de 547 atividades ligadas aos direitos humanos, cultura, assistência, esporte, educação, saúde entre outras. Este mês, eles serão multiplicadores da conscientização solidária em campanha virtual da Secretaria, que leva o título de Mês do Voluntariado.

“É um orgulho e uma satisfação saber desses dados. Nós da Secretaria de Justiça trabalhamos muito para prestar um serviço de qualidade e com eficiência para a população do DF, que considero muito solidária”, ressalta a secretária de Justiça e Cidadania, Marcela Passamani.

O Dia Nacional do Voluntariado é celebrado em 28 de agosto e a Sejus preparou ações de conscientização solidária nas redes sociais para discutir como governo, empresas e cidadãos podem contribuir de maneira efetiva para a diminuição das desigualdades sociais. As ações também tratam dos benefícios que o voluntariado proporciona aos jovens, como o acesso ao mercado de trabalho.

Certificado

Após a realização do trabalho, o Voluntariado em Ação realiza um feedback com seus participantes para retorno sobre o atendimento prestado, além de colocar a ferramenta à disposição caso a pessoa queira realizar um outro tipo de trabalho ou participar de outra ação. O voluntário também recebe uma certificação da Sejus como uma bonificação por sua participação.

Saiba mais

Ao se cadastrar na plataforma, o voluntário informa a sua disponibilidade de trabalho, área de atuação e o público de interesse das ações que gostaria de participar.

Com essas informações, a Sejus traça um perfil do voluntário, cruzando as competências com as necessidades a serem atendidas por programas e campanhas do Voluntariado em Ação. Se houver compatibilidade, o voluntário recebe a oportunidade por e-mail.

Serviço

Para participar do Programa Voluntariado em Ação, basta acessar o portal e se cadastrar.

Com informações da Sejus

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação