Golpe

Homem procurado pela polícia do DF é preso no Piauí

Thiago Arielson Vasconcelos era procurado pela Polícia Civil do Distrito Federal desde julho, ocasião em que outros dois homens, parte da mesma associação criminosa, foram presos

Tainá Seixas
postado em 15/08/2020 14:26 / atualizado em 15/08/2020 14:26
 (foto: PCDF/Divulgação)
(foto: PCDF/Divulgação)

A Polícia Civil do Piauí prendeu, na tarde de sexta-feira (14/8), Thiago Arielson Vasconcelos, 26 anos, investigado na Operação Manzana 2, deflagrada pela 4ª Delegacia de Polícia (Guará) em julho. Ele foi preso em Oeiras, no Piauí, município distante 1,5 mil km de Brasília. Sua prisão preventiva havia sido decretada no dia anterior (13/8).

O homem era procurado desde julho, quando os irmãos Evanilson de Lima Santana, 30 anos, e Francisco das Chagas Santana da Rocha Filho, 25, com quem ele atuava nos crimes, foram presos em flagrante pelos crimes de estelionato e associação criminosa. O grupo aplicava golpes de compra de celular no site de compras e vendas OLX.

Eles se passavam por compradores interessados em anúncios de celulares na plataforma. Marcavam encontros com as vítimas em locais públicos após expediente comercial, entre 17h e 21h. Depois de analisarem o aparelho, simulavam um agendamento de transferência bancária eletrônica para o dia seguinte, argumentando que a transação não poderia ser feita fora do horário comercial. Assim, as vítimas entregavam os aparelhos e percebiam o golpe apenas no dia seguinte, quando procuravam a polícia.

O grupo fez, ao menos, 29 vítimas. Evanilson e Francisco foram presos em flagrante na Estrada Parque Indústria e Abastecimento (EPIA), logo após terem cometido mais dois golpes. Com eles, os agentes apreenderam ainda dois aparelhos da marca Apple, um dos quais foi restituído à vítima identificada.

Segundo a Polícia Civil do Distrito Federal, os criminosos se revezavam na execução dos golpes, passando-se por interessados nos anúncios. Eles sempre iam até o local dos encontros em duplas, utilizando o carro Fiat/Stilo de cor prata, registrado em nome de uma terceira pessoa.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação