Sustentabilidade

GDF cria comitê para promover educação sobre coleta seletiva

O Brasília Recicla será composto por representantes do GDF para promover a educação ambiental das práticas de coleta seletiva e reciclagem de resíduos sólidos na capital

Correio Braziliense
postado em 17/08/2020 09:01 / atualizado em 17/08/2020 09:02
 (foto: Ana Rayssa/CB/D.A Press)
(foto: Ana Rayssa/CB/D.A Press)

O governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB) criou na sexta-feira (14/8) o Comitê Brasília Recicla, seção responsável por promover a educação Ambiental e a comunicação das práticas de coleta seletiva e reciclagem de resíduos sólidos na capital. A decisão foi publicada no Diário Oficial do Distrito Federal (DODF). 

O grupo será coordenado pela Secretaria de Estado do Meio Ambiente do Distrito Federal (Sema) e integrado por representantes, titulares e respectivos suplentes da própria pasta, além de indivíduos indicados pelas secretarias de Estado de Comunicação do Distrito Federal (Secom), de Estado de Educação do Distrito Federal (See), de Estado de Proteção da Ordem Urbanística do Distrito Federal(DF Legal), de Estado da Agricultura, Abastecimento e Desenvolvimento Rural (Seagri).

Também será composto por indivíduos da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater), Serviço de Limpeza Urbana do Distrito Federal (SLU), Agência Reguladora de Águas, Energia e Saneamento Básico (Adasa) e do Instituto do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos (Brasília Ambiental).

Caberá ao Comitê convidar representantes de entidades públicas federais, estaduais e municipais para participarem das atividades prestadas e financiar as deliberações. Além disso, os representantes devem propor e apoiar a execução de campanhas, programas e projetos de comunicação e educação ambiental para a promoção da coleta seletiva e reciclagem de resíduos sólidos secos e orgânicos.

A equipe deve elaborar e revisar seu regimento interno no prazo até 90 dias da publicação do decreto e as atividades dos membros serão consideradas serviços público relevante, não remunerado.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação