Coronavírus

Covid-19: TJDFT tem 259 casos e avanço do vírus suspendeu retomada

Balanço foi divulgado pelo TJDFT nesta terça-feira (18/8). Analistas e técnicos judiciários concentram a maior quantidade de casos, com 202 infectados

Cibele Moreira
postado em 18/08/2020 15:52 / atualizado em 18/08/2020 16:10
 (foto: Marcelo Ferreira/CB/D.A Press)
(foto: Marcelo Ferreira/CB/D.A Press)

 Desde o início da pandemia do novo coronavírus, 259 servidores que atuam no sistema judiciário da capital tiveram a confirmação da doença. O balanço foi divulgado, nesta terça-feira (18/8), pelo Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios (TJDFT).

Ao todo, 16 magistrados foram diagnosticados com a doença e seis oficiais de Justiça testaram positivo para covid-19. No entanto, o maior número de contaminados está entre os analistas e técnicos judiciários, com 202 infectados.

O levantamento também revela que 33 servidores terceirizados testaram positivo para a doença e dois estagiários tiveram a infecção do novo coronavírus.

Apesar do número expressivo, o Tribunal ressalta que esse quantitativo representa apenas 2% da força de trabalho do órgão e que o contágio não ocorreu nas dependências do TJDFT.

Retomada das atividades presenciais adiada

O Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios adiou a segunda fase de retorno das atividades presenciais, que estava marcado para 31 de agosto. De acordo com a portaria conjunta da última sexta-feira (14/8), a retomada das audiências e sessões presenciais de qualquer natureza está suspensa. A medida levou em consideração o agravamento da pandemia de covid-19 no DF.

Porém, as audiências presenciais que envolvem os processos de presos nos juízos de competência criminal e tribunais do júri, que estão ocorrendo desde 3 de agosto, seguem normalmente seguindo as recomendações de segurança e prevenção ao coronavírus.

Os processos com adolescentes internados e de justificação em caso de descumprimento de medida socioeducativa estão sendo realizadas mediante agendamento. Está autorizada também a realização de perícias na Vara de Ações Previdenciárias - VAP e em ações referentes a Danos Pessoais por Veículos Automotores Terrestres (DPVAT), a partir de 31 de agosto.

As próximas fases do Plano de Retomada das Atividades Presenciais do TJDFT serão objeto de regulamentações futuras, conforme o cenário de desenvolvimento da covid-19 no Distrito Federal.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação