Religião

Morre, aos 60 anos, o padre Ulysses Reis, vítima de linfoma

Pároco da Igreja Nossa Senhora Aparecida, em Samambaia, Ulysses Reis, morreu na noite de segunda-feira (17/8)

Celimar de Meneses*
postado em 18/08/2020 22:01 / atualizado em 18/08/2020 22:01
Ulysses Reis era um dos padres mais antigos de Samambaia. -  (foto: Arquivo Pessoal)
Ulysses Reis era um dos padres mais antigos de Samambaia. - (foto: Arquivo Pessoal)

Morreu, aos 60 anos, o padre Ulysses Reis, pároco da Igreja Nossa Senhora Aparecida, em Samambaia. Segundo a Arquidiocese de Brasília, ele não resisti u um linfoma e faleceu na noite de segunda-feira (17/8).

Ulysses era um dos padres mais antigos da cidade. Ele se mudou de São Paulo para Samambaia em 1994 e se tornou pároco da Igreja Nossa Senhora Aparecida no ano seguinte. Segundo conta o secretário da paróquia, Daniel Carvalho, o objetivo de Ulysses era construir uma capela a cada duas quadras de Samambaia.

“Nesse período de 25 anos à frente da paróquia, ele construiu três igrejas e outras quatro capelas para toda a comunidade da Samambaia Norte, entre as quadras 202 até a 614 e 402 até 414”, conta o fiel. Daniel lembra de Ulysses como alguém que sempre buscou o melhor dos cristãos.

“Ele foi um padre que atraía muita gente, não só da área da paróquia, mas de outras quadras que não são da área, pela vocação que ele tinha, pelo desejo que ele tinha de atender a comunidade. Já chegou a ter 14 horários de missa no fim de semana”, lembra o secretário.

Daniel frequenta a paróquia Nossa Senhora Aparecida desde os 4 anos, portanto entrou para a comunidade religiosa na mesma época do padre Ulysses. “Fui secretário dele e da paróquia por 11 anos, desde os meu 18, já há 25 anos na paróquia."

Às 19h de hoje houve velório na igreja em homenagem a Ulysses. A celebração teve o número de pessoas limitado e o tempo de permanência abreviado devido as restrições de prevenção ao coronavírus e foi transmitida ao vivo

O sepultamento será reservado aos familiares e acontece amanhã (19/8), às 11h30, no cemitério Campo da Esperança, na Asa Sul.

 * Estagiário sob supervisão de Mariana Niederauer

  • O padre se mudou para a cidade em 1994.
    O padre se mudou para a cidade em 1994. Foto: Arquivo Pessoal
  • Ulysses ficou 25 anos à frente da Paróquia Nossa Senhora Aparecida.
    Ulysses ficou 25 anos à frente da Paróquia Nossa Senhora Aparecida. Foto: Arquivo Pessoal
  • O padre Ulysses Reis, que faleceu de linfoma.
    O padre Ulysses Reis, que faleceu de linfoma. Foto: Arquivo Pessoal

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação