Serviço

Atendimento no Na Hora passa a ser feito com agendamento prévio

É preciso fazer um agendamento prévio antes de ir aos estabelecimentos. Procon-DF também disponibilizou novo meio para registro de reclamações. Foco são pessoas com dificuldade de acesso à internet

Correio Braziliense
postado em 19/08/2020 11:49 / atualizado em 20/08/2020 18:24
 (foto: Carlos Silva/CB/D.A Press)
(foto: Carlos Silva/CB/D.A Press)

Os brasilienses que buscarem atendimento nas unidades do Na Hora precisam fazer um agendamento prévio on-line. Essa nova medida vale para quem buscar o Procon-DF situadas nos Na hora das regiões de Sobradinho, Gama, Riacho Fundo e Rodoviária. O objetivo é minimizar o tempo de espera e a permanência nos estabelecimentos.

O sistema de agendamento está disponível no site do Na Hora. Os cidadãos terão até esta quarta-feira (19/8) para se adaptarem ao novo modelo de gestão. Ou seja, somente até hoje, o usuário ainda poderá ser atendido por encaixe caso compareça sem prévio agendamento. Após o dia 19 de agosto, só serão atendidas as pessoas que realizaram o agendamento on-line.

As pessoas que não possuírem internet podem acessar dois computadores e um atendente auxiliador em cada unidade Na Hora de Sobradinho, Gama, Rodoviária e Riacho Fundo para utilização do público.

O Procon ainda ressaltou que os postos de atendimento de Brazlândia, Ceilândia e Taguatinga serão contemplados com o serviço de agendamento on-line na data prevista de 24 de Agosto de 2020.

AGENDAMENTO ONLINE: ORIENTAÇÕES

1-Para efetuar o agendamento on-line, o cidadão deve acessar o site do Na Hora/DF, e, na página inicial, clicar em Agendamento On-line.
2-Em seguida, é necessário realizar o Cadastro no site da Ouvidoria ou do E-Gov.
Caso tenha dúvidas, acesse o manual de acesso ao site de cadastro da Ouvidoria.
Se a pessoa já estiver cadastrada, basta entrar com login e senha.

Reclamações

Há duas semanas, o Procon-DF disponibilizou mais uma opção para que os cidadãos registrem reclamações. Na sede do instituto, no Venâncio 2000, a população poderá acessar o guichê de atendimento do Espaço Consumidor.gov.br. O serviço destina-se a pessoas que têm dificuldades para entrar na internet e precisam acessar o site de do Governo Federal.

O espaço fica disponível das 12h às 17h, de segunda a sexta-feira. O acesso à plataforma é gratuito e permite a interlocução entre cliente e empresa, para a solução de conflitos de consumo. Para registrar uma reclamação, o consumidor se cadastra e verifica se a firma contra a qual quer reclamar está registrada no site.

Após o registro da demanda, a empresa terá até 10 dias para analisar e responder. Posteriormente, o cliente poderá comentar e classificar a resposta em até 20 dias, informando se a reclamação foi resolvida e indicando o nível de satisfação com o atendimento recebido.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação