EDUCAÇÃO

Governador suspende retomada das aulas na rede pública do DF

Decisão não desautoriza o retorno das atividades escolares na rede pública do Distrito Federal, mas suspende as datas previstas em decreto

Jéssica Eufrásio
postado em 19/08/2020 13:47 / atualizado em 19/08/2020 13:49
O calendário de volta às aulas foi suspenso -  (foto: Bruno Peres/CB/D.A Press)
O calendário de volta às aulas foi suspenso - (foto: Bruno Peres/CB/D.A Press)

O governador Ibaneis Rocha (MDB) decidiu suspender o calendário de retomada das aulas na rede pública de ensino. A decisão não invalida o decreto que autoriza o retorno das atividades, mas deixa a elaboração de novo calendário a critério da Secretaria de Educação. Fontes próximas ao chefe do Buriti confirmaram a informação ao Correio.

Os detalhes serão repassados em coletiva marcada para a tarde desta quarta-feira (19/8). Estarão presentes os secretários da Casa Civil, Gustavo Rocha; da Educação, Leandro Cruz; de Governo, José Humberto Pires; e de Saúde, Francisco Araújo. A reunião ocorre no Salão Nobre do Palácio do Buriti.

O diretor do Sindicato dos Professores no Distrito Federal (Sinpro/DF), Samuel Fernandes manifestou-se sobre a decisão. Ele considerou a decisão "acertada" apesar da "demora". "Vale lembrar que, mesmo se os protocolos sanitários fossem cumpridos, o retorno das aulas presenciais não seria seguro devido às condições da pandemia que estamos vivendo, pois o vírus não respeita protocolos", disse em nota. 

Samuel acrescentou que o governo também deve investir para atender os alunos que não têm equipamentos eletrônicos ou internet para acessar as aulas remotas.

Aguarde mais informações

*Colaborou Mariana Machado

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação