Agricultura

Núcleos rurais em Planaltina e Park Way são revitalizados

Obras vão beneficiar cerca de 150 produtores rurais do Santos Dumont e Vargem Bonita

Correio Braziliense
postado em 26/08/2020 16:03 / atualizado em 26/08/2020 16:03
Estão sendo utilizados tubos de alta densidade para eliminar as perdas de água. -  (foto:  Acácio Pinheiro/Agência Brasília)
Estão sendo utilizados tubos de alta densidade para eliminar as perdas de água. - (foto: Acácio Pinheiro/Agência Brasília)

O Governo do Distrito Federal (GDF) está concluindo a revitalização de dois sistemas de abastecimento de água em núcleos rurais. As obras vão beneficiar 150 produtores rurais em Vargem Bonita, no Park Way, e em Santos Dumont, em Planaltina. São mais de 20 quilômetros de novos canais de irrigação.

O GDF investiu cerca de R$ 5,4 milhões nos dois projetos. Na revitalização, estão sendo utilizados tubos de polietileno de alta densidade capazes de eliminar em 50% as perdas de água por infiltração no leito do canal, que hoje é de terra.

Em Planaltina, cuja extensão rural representa quase 30% da área total do DF, o governo investe no canal de irrigação do Núcleo Rural Santos Dumont. Com aproximadamente 90 propriedades, a região foca sua produção em hortaliças, fruticultura, pecuária e piscicultura. A rede de abastecimento contempla 13 quilômetros de canais.

As obras são resultado de uma parceria entre a Agência Reguladora de Águas, Energia e Saneamento Básico do Distrito Federal (Adasa), Secretaria de Agricultura, Abastecimento e Desenvolvimento Rural (Seagri-DF), a Empresa de Assistência e Extensão Rural (Emater), Companhia de Saneamento Ambiental do DF (Caesb), o Comitê da Bacia Hidrográfica do Paranaíba (CBH-Paranaíba) e produtores usuários do canal.

As obras de Planaltina estão orçadas em R$ 4,6 milhões. O produtor rural Cláudio Tutomu explicou que, no ano de 2017, aquela área rural chegou a ficar sem o abastecimento de água, em decorrência da crise hídrica que o DF enfrentou. “Muitos agricultores perderam toda a lavoura. Depois daquele ano, nem todos passaram a plantar na seca com medo de perder o investimento”, contou.

As intervenções, segundo ele, foram custeadas pela tarifa de contingência, cobrada sobre o consumo excessivo de água no período crítico da crise hídrica e de recursos provenientes do pagamento pelo uso da água na bacia hidrográfica do Rio Paranaíba, onde deságua o Ribeirão Pipiripau.

“Esperamos por muito tempo e agora estamos felizes, porque podemos nos programar para plantar o ano todo. Agora é garantia no fornecimento de água em todas as épocas, sem contar que não teremos desperdício”, comemorou o agricultor Cláudio Tutomu.

Na área rural do Park Way, o governo investe em intervenções nos canais de irrigação de Vargem Bonita, cuja extensão soma mais de sete quilômetros. A região é destaque na produção de hortaliças, especificamente de folhagem, culturas que demandam muita água para irrigação.

Nas obras de substituição dos canais de água, o governo investiu cerca de R$ 850 mil em emenda parlamentar para beneficiar 55 produtores que solicitavam essa obra havia mais de 20 anos. O produtor rural Shoichi Sumida contou que, com o fim da obra de revitalização do canal, espera que todos os produtores da região possam ter acesso à água.

“A água é o bem mais importante possível, principalmente em épocas de seca. O canal existe há muito tempo, mas com a obra não temeremos mais perdas de água como existia antes. Esperamos que todos possam trabalhar tranquilos sem precisar ficar indo atrás de água”, ressaltou.

 

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação