Sorteio

Nota Legal: prazo para quitar débitos vai até 7 de setembro

O sorteio do Nota Legal vai premiar 12,6 mil bilhetes com prêmios que vão de R$ 100 a R$ 500 mil

Correio Braziliense
postado em 28/08/2020 13:22 / atualizado em 28/08/2020 13:22
O próximo sorteio do programa será realizado em 27 de outubro -  (foto: Divulgação/ Secretaria de Economia)
O próximo sorteio do programa será realizado em 27 de outubro - (foto: Divulgação/ Secretaria de Economia)

Está estabelecido o prazo até 7 de setembro para regularização das dívidas com o Governo do Distrito Federal (GDF) para as pessoas que querem participar do Nota Legal. A Secretaria de Economia começou, em 21 de agosto, a fase de habilitação para o próximo sorteio do programa, que será realizado em 27 de outubro. Trata-se da verificação da existência de débitos de cada contribuinte, o que impede a participação no concurso.

A data limite para regularização é a mesma para aqueles que desejarem contestar a não habilitação, o que é possível pelo site de atendimento virtual da Receita do DF. “O acerto pode ser a quitação ou parcelamento do débito”, explica Márcio Gonçalves, coordenador da Coordenação de Cadastro e Lançamentos Tributários.

Documentos fiscais emitidos de 1º de maio de 2019 a 30 de abril de 2020 que tenham registro de CPF inscrito no programa concorrerão a prêmios de R$ 100 a R$ 500 mil. Ao total, serão repassados R$ 3 milhões. Atualmente, 1.314.328 pessoas estão cadastradas – sendo que 300.159 têm débitos com o GDF. Toda a dívida somada representa R$ 5 bilhões.

Um documento fiscal equivale a um bilhete no concurso, independentemente do valor. Além de estar cadastrado no Nota Legal, o contribuinte não pode ter dívida com o GDF nem ser ligado a empresas contratadas para serviços de desenvolvimento e manutenção dos sistemas tributários da Secretaria de Economia, que coordena o programa.

Cada pessoa pode participar com até 200 bilhetes por mês. Até agora, existem 93 milhões de bilhetes válidos. A média geral é de 111 unidades por consumidor cadastrado.

Premiação

Os premiados em 27 de outubro terão até 25 de abril do ano que vem para indicar os dados bancários para recebimento do valor. Os recursos não resgatados retornarão ao Tesouro do DF. Os depósitos serão feitos em três lotes, a critério da Secretaria de Economia, de acordo com a disponibilidade orçamentária e financeira.

Serão 12,6 mil bilhetes premiados, distribuídos da seguinte forma: 12 mil prêmios de R$ 100; 500 de R$ 200; 50 de R$ 1 mil; 30 de R$ 5 mil; dez de R$ 10 mil; quatro de R$ 50 mil; três de R$ 100 mil; dois de R$ 200 mil; e o grande prêmio de R$ 500 mil.

Com informações da Agência Brasília

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação