Poeta Lina Tâmega, 89 anos

Correio Braziliense
postado em 02/09/2020 21:14

Amigos e familiares despedem-se da poeta, professora, e pioneira em Brasília, Lina Tâmega Peixoto del Peloso. Ela morreu na última terça-feira, aos 89 anos, e será velada hoje, a partir das 8h30, na capela 6 do cemitério Campo da Esperança, na Asa Sul. O sepultamento está marcado para as 10h30.
Natural de Cataguases (MG), Lina formou-se em letras pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio). Chegou ao Distrito Federal em 1958. Em 1963, ajudou a fundar a Associação Nacional dos Escritores (ANE). Lina também foi professora da Fundação Educacional e do Instituto de Letras da Universidade de Brasília (UnB), onde ministrou disciplinas como teoria literária e língua portuguesa. Publicou diversas obras, entre as quais Alinhavos do tempo, Os bichos da vó, e Entre desertos.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação