PANDEMIA

Covid-19: DF registra mais 43 mortes pela doença e total chega a 2.763

Das vítimas notificadas pela Secretaria de Saúde nesta terça-feira (8/9), 38 eram residentes da capital e cinco moravam no Entorno e estavam em tratamento em hospitais de Brasília

Cibele Moreira
postado em 08/09/2020 19:00 / atualizado em 08/09/2020 19:04
Distrito Federal registra mais 933 ocorrências da covid-19. Ao todo, 171.739 pessoas foram contaminadas pelo vírus -  (foto: Breno Esaki/Agência Saúde)
Distrito Federal registra mais 933 ocorrências da covid-19. Ao todo, 171.739 pessoas foram contaminadas pelo vírus - (foto: Breno Esaki/Agência Saúde)

Mais 43 pessoas morreram vítimas da covid-19 no Distrito Federal. As mortes ocorreram entre 4 e 8 de setembro, mas só foram registradas pela Secretaria de Saúde nesta terça-feira (8/9). A maioria das vítimas morava no DF e apenas cinco eram de regiões do Entorno - duas de Águas Lindas de Goiás e outras três de Novo Gama, Valparaíso e Santo Antônio do Descoberto. Dos registros de óbitos entre moradores da capital, oito eram de Ceilândia e seis de Taguatinga.

A secretaria também contabilizou mais 933 ocorrências da doença. Ao todo, 171.739 pessoas foram contaminadas pelo vírus no Distrito Federal. Deste quantitativo, 157.440 estão recuperadas, o que representa 91,7% do total de casos positivos, e 2.763 morreram - 233 residentes de outras unidades da Federação.

A maior incidência de mortes está entre os homens, com 59,1%. No entanto, as mulheres são maioria entre os contaminados (53,6%). A faixa etária com o maior número de casos é entre 30 e 49 anos.

Mais de 500 mortes em Ceilândia

Ceilândia ultrapassou os 21 mil infectados pelo novo coronavírus e tem mais de 500 mortos. Desde o início da pandemia, já foram 21.044 contaminados pela doença na região. Em seguida, está Taguatinga, com 13.845 ocorrências da doença. Plano Piloto contabiliza 13.611 casos e Samambaia registrou 11.169 resultados positivos para covid-19. Outros 6.841 contaminados não tiveram a região administrativa registrada.

O sistema carcerário contabiliza 1.809 notificações positivas para o vírus. Entre os servidores da segurança pública do Distrito Federal, 1.451 foram contaminados e 5.847 profissionais da saúde já se infectaram.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação