Força-tarefa

Operação Quinto Mandamento fiscalizou mais de 270 estabelecimentos

O foco é fiscalizar lojas comerciais com funcionamento irregular. A operação conta com a parceria de diversos órgãos de segurança e fiscalização

Correio Braziliense
postado em 11/09/2020 18:38
Até agora, 19 estabelecimentos foram multados e 31, interditados -  (crédito: Divulgação/DF Legal)
Até agora, 19 estabelecimentos foram multados e 31, interditados - (crédito: Divulgação/DF Legal)

Desde que começou, em 1º de agosto, a Operação Quinto Mandamento já vistoriou mais de 270 estabelecimentos no Distrito Federal. A ação é feita pela Secretaria DF Legal em parceria com órgãos ligados à Secretaria de Segurança Pública (SSP). O foco é fiscalizar estabelecimentos comerciais com funcionamento irregular.

As ações são realizadas com base em análises semanais e levantamentos feitos pelas subsecretarias de Inteligência (SI) e de Gestão da Informação (SGI), vinculadas à SSP. Após o mapeamento, é definida a região a ser vistoriada.

A partir desses dados, uma força-tarefa é montada e diversos órgãos, entre eles a DF Legal, vão aos pontos mais críticos. Enquanto ocorre a abordagem policial, auditores da pasta verificam a documentação dos estabelecimentos.

Do total de ações registradas até o último fim de semana, 30 foram notificadas por diversos problemas, como documentação irregular ou inexistente e atividade não autorizada, entre outros. O saldo, até agora, é de 19 estabelecimentos multados e 31 interditados, além de 38 relatórios de ação fiscal lavrados.

Além da DF Legal, participam da Operação Quinto Mandamento, coordenada pela SSP, representantes das forças das polícias Civil (PCDF) e Militar (PMDF), do Departamento de Trânsito do DF (Detran), do Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal (CBMDF) e do Departamento de Estradas de Rodagem do DF (DER).

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação