Segurança pública

Preso homem acusado de torturar mulher na frente dos filhos

Segundo as investigações da Polícia Civil, o suspeito e outros quatro homens invadiram a residência da vítima e forçaram ela a dizer o paradeiro do marido

Darcianne Diogo
postado em 15/09/2020 22:03
 (crédito: PCDF/Divulgação)
(crédito: PCDF/Divulgação)

A Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) prendeu, nesta terça-feira (15/9), um homem de 27 anos, conhecido como ‘Japão’, sob a acusação de torturar uma mulher na frente dos filhos dela. O caso ocorreu em 29 de agosto, na Estrutural.

Segundo as investigações, conduzidas pela 14ª Delegacia de Polícia (Gama), no dia do crime, o suspeito, acompanhado de outros quatro homens, invadiram uma residência na Estrutural. Na casa, residia uma mulher, que foi torturada pelos criminosos. “O acusado fez o uso de um segmento de madeira para que ela informasse o paradeiro do marido, que era seu desafeto. No momento da tortura, ela estava acompanhada dos filhos menores”, detalhou o delegado-chefe da 14ª DP, Jônatas Silva.

O homem é considerado pelos policiais de extrema periculosidade. Ele estava foragido do sistema penitenciário goiano. Na delegacia, constatou-se que o acusado tem passagens criminais por tráfico de drogas, porte de arma de fogo, roubo, furto qualificado, receptação, adulteração de sinal identificador, ameaça e lesão corporal. 

Investigações apontaram, ainda, que o suspeito é amigo do cadeirante acusado de arrancar a orelha de um policial militar. O crime ocorreu em 6 de abril, também na Estrutural.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação