Cultura

Arraiá em setembro: apresentação do Circuito de Quadrilha será online

A apresentação começa nesta sábado (19) e poderá ser acompanhada pelos canais do YouTube TVFormiga e Linqdfe

Correio Braziliense
postado em 18/09/2020 22:49 / atualizado em 18/09/2020 22:50
 (crédito: Fabricio Di Carvalho/Divulgação)
(crédito: Fabricio Di Carvalho/Divulgação)

A Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Distrito Federal (Secec-DF) anunciou nesta sexta-feira (18/9) estreia do XX Circuito de Quadrilha Juninas do DF. O projeto começa neste sábado (19/9), de forma virtual. As lives serão temáticas e transmitidas por quatro fins de semana. O público poderá acompanhar as apresentações pelos canais do Youtube TVFormiga e Linqdfe.

Para evitar aglomerações, a cada dia de evento serão transmitidas apenas quatro apresentações de grupos juninos, com intervalo de 30 minutos entre cada uma para que seja feita a higienização do local antes da entrada da próxima atração. Durante a pausa, a festa continua com shows dos grupos de forró. Não haverá público presencial.

O projeto foi empreendido pela Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Distrito Federal (Secec) por meio de Termo de Fomento (TF). Segundo a pasta a contribuição financeira para o evento foi de R$ 483 mil, com geração de 150 empregos diretos e indiretos, envolvendo 31 grupos. Cada um deles receberá um cachê de R$ 10 mil para o coletivo.

O Circuito de Quadrilhas é regido pelo Marco Regulatório das Organizações da Sociedade Civil (Mrosc), com recursos originados de emenda parlamentar – dinheiro do orçamento do Estado com destinação indicada por parlamentares distritais e federais com finalidades de interesse público. Ele é produzido pela Organização de Sociedade Civil (OSC) Grêmio Recreativo Arraia Formiga da Roça e pela Liga Independente de Quadrilhas Juninas do Distrito Federal e Entorno (Linq/DFE). A estimativa é que o evento chegue a um público superior a 10 mil pessoas durante as transmissões.

Com informações da Agência Brasília

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação