crime

Imagens flagram jovem assaltando ônibus em São Sebastião

O suspeito, de 21 anos, foi preso durante a operação Ponto Final, coordenada pela 30ª Delegacia de Polícia. A ação visa coibir a prática de roubos a coletivos na região

Darcianne Diogo
postado em 23/09/2020 17:08
Um dos suspeitos teria praticado, pelo menos, três assaltos somente este ano -  (crédito: Material cedido ao Correio)
Um dos suspeitos teria praticado, pelo menos, três assaltos somente este ano - (crédito: Material cedido ao Correio)

Investigadores da 30ª Delegacia de Polícia (São Sebastião) deflagraram, nesta terça-feira (22/9), a operação Ponto Final, que visa coibir a prática de roubos a coletivos na região administrativa. Foram cumpridos um mandado de prisão preventiva, três de busca e apreensão e cinco pessoas foram detidas em flagrante. 

Um dos presos, de 21 anos, é suspeito de ter praticado, ao menos, três assaltos em ônibus somente neste ano. Vídeo obtido pelo Correio mostra a ação do criminoso. As imagens, registradas em 6 de agosto, mostra o momento em que o jovem entra no coletivo, por volta das 19h. De imediato, ele anuncia o assalto e rouba o dinheiro do caixa. 

Ao Correio, o delegado-adjunto da 30ª DP, Ulysses Luz, afirmou que, durante as ações, o criminoso embarcava, normalmente, no ponto final da linha, e, munido de uma peixeira, anunciava o roubo ao motorista e cobrador. Além disso, os passageiros que estavam no ônibus também tinham os bens subtraídos. "Esse trabalho focou, além do roubo em si, no pessoal que faz a receptação desses aparelhos. Esses materiais que são subtraídos das vítimas têm aceitação muito boa do mercado ilícito. Então, não podemos focar só no autor do roubo, mas também nos receptadores", destacou. 

Cinco suspeitos foram presos por receptação. Segundo o delegado, as investigações continuam no sentido de identificar os autores de outros roubos e receptores. "Na nossa região, tivemos um total de sete ocorrências de assaltos em coletivos. A repressão a essa modalidade criminosa é de suma importância, pois, além da gravidade do roubo, há prejuízo ao regular funcionamento desse importante serviço público, que atende as camadas mais humildes da sociedade", finalizou. 

 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação