Equipamentos

Unidades de saúde do DF têm baixo estoque de luvas

Cinco processos licitatórios da Secretaria de Saúde estão em andamento para tentar solucionar problema e acelerar a compra de luvas

Correio Braziliense
postado em 29/09/2020 14:07
A falta de EPIs tem sido uma preocupação constante durante a pandemia -  (crédito: Governo do Estado de São Paulo)
A falta de EPIs tem sido uma preocupação constante durante a pandemia - (crédito: Governo do Estado de São Paulo)

Hospitais e Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) do Distrito Federal convivem com um baixo estoque de luvas, equipamento de proteção individual essencial em um contexto de pandemia. O atraso de um fornecedor fez com que os locais entrassem em alerta quanto à possibilidade de falta desses itens.

A Secretaria de Saúde tenta correr contra o tempo para evitar o desabastecimento. A pasta aguarda a entrega de compras que já foram realizadas, mas os produtos ainda não chegaram. O órgão também deu andamento a outros cinco processos licitatórios para repor os estoques.

O problema é apenas um de uma série de dificuldades relacionadas aos estoques de equipamentos. Recentemente, um outro processo de licitação havia sido finalizado, mas a empresa fornecedora informou que não conseguiria entregar os itens e cancelou a nota de empenho.

“A Secretaria de Estado de Saúde enfatiza que não tem medido esforços para manter o abastecimento e evitar uma possível falta desses insumos. Porém, o não cumprimento de contrato por parte dos fornecedores tem prejudicado o abastecimento”, divulgou a pasta, em nota oficial.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação