Eixo capital

Acompanhe a cobertura da política local com @anacampos_cb

Ana Maria Campos
postado em 01/10/2020 22:01
 (crédito: Caio Gomez/CB/D.A Press)
(crédito: Caio Gomez/CB/D.A Press)

Polícia Civil perdeu o bonde

A Polícia Civil do DF poderia ter fechado neste mês a recomposição salarial correspondente à paridade com os salários da Polícia Federal (PF). Uma proposta, intermediada pelo Ministério Público do Distrito Federal e Territórios com endosso da Justiça, previa quatro parcelas de aumento, sendo a última agora, em outubro de 2020, que comporia um aumento final de 36,709%. A primeira parcela de 7,5% seria em outubro de 2017. As demais, nos anos seguintes, sempre no mesmo mês, de 8%, 8,5% e 8,5%. Não houve, no entanto, acordo. Agora, com pandemia, outros tempos ainda mais nebulosos, dificilmente terão mais do que os 8% autorizados pelo presidente Jair Bolsonaro.

 

Sem atendimento

A Polícia Militar do DF anunciou que suspenderá o atendimento dos conveniados da corporação e seus familiares no Hospital Maria Auxiliadora, no Gama, a partir da próxima semana. As famílias dos PMs estão agendando para a tarde de segunda uma manifestação em frente ao QG da corporação, no Setor Policial Sul.

 

Estado grave

O ex-deputado Odilon Aires está internado em estado grave, com infecção generalizada. O emedebista tem ELA (Esclerose lateral amiotrófica) e está bastante debilitado.

 

Calçadas livres

O governador Ibaneis Rocha inaugurou ontem uma etapa do projeto “Adote uma praça”, no Setor Hospitalar Sul. Em parceria com o Grupo Santa Lúcia e o hospital Santa Luzia, o GDF removeu das ruas os quiosques que impediam a passagem dos pedestres e, principalmente, dos cadeirantes na principal rua de acesso ao SHS. Agora os microempresários estão reunidos em uma praça, com infraestrutura adequada e conforto para os clientes. E as calçadas estão livres.

 

Promessa de campanha

O acionista do Grupo Santa Lúcia Rafael Leal disse na solenidade que há muitos anos tentava uma solução para o problema da ocupação das calçadas no Setor Hospitalar Sul, mas sempre esbarrava em questões burocráticas ou em falta de interesse mesmo. Mas, numa reunião durante a campanha de 2018, quando Ibaneis Rocha ainda patinava com 1% nas pesquisas, ouviu do futuro governador que — se eleito — o projeto finalmente sairia do papel. Dito e feito.

 

Diagnóstico da pandemia

Com números assustadores de contaminados, mortos e de desvio de recursos destinados ao combate à covid-19, o Sistema Tribunais de Contas do Brasil está prestes a oferecer à sociedade brasileira um diagnóstico preciso, com discriminação de receitas e despesas na pandemia. O monitoramento vai envolver todas as 33 Cortes de Contas em convênio com o Tribunal de Contas da União. O conselheiro Renato Rainha, vice-presidente de Relações Político-Institucionais da Atricon (Associação dos Membros dos Tribunais de Contas) e coordenador da Rede Infocontas, conduziu ontem uma reunião com a participação de representantes de todos os estados para os ajustes do trabalho.

 

Coronavírus eleitoral

A covid-19 atingiu em cheio o PSol. Presidente do partido no Novo Gama, Chico Viana, 73 anos, candidato a vice-prefeito está 19 internado em Brasília. Presidente do PSol em Crixás, Pedro Dietz, 71, na disputa pela prefeitura, também foi contaminado e está em hospital na cidade goiana. O presidente regional da legenda em Goiás, Weslei Garcia, 37, está em isolamento em casa.

 

Só papos

“Quem imaginou que iam cravar uma faca de uma maneira mais ou menos correta, mas não total? Desgraçado”

Ator Paulo Betti, sobre o atentado de Adelio Bispo no candidato Jair Bolsonaro na campanha de 2018


“Ver o ator Paulo Betti lamentando o fato de Adélio Bispo não ter conseguido matar o então candidato à presidência @jairbolsonaro é triste. Independente da sua ideologia, senhor Paulo, estamos falando da vida de um pai de família”

Deputada Paula Belmonte (Cidadania-DF)

 

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação