Mobilidade

Metrô: rompimento de cabos deixa as viagens mais lentas nesta sexta

Apenas 12 trens circularam na manhã desta sexta (2/10), metade do previsto para o período. Ainda não há previsão de quando o sistema volta ao normal

Correio Braziliense
postado em 02/10/2020 08:50 / atualizado em 02/10/2020 12:26
 (crédito: Luis Nova/Esp.CB/D.A Press - 1/3/18)
(crédito: Luis Nova/Esp.CB/D.A Press - 1/3/18)

Os brasilienses que precisaram pegar o Metrô na manhã desta sexta-feira (2/10) enfrentam problema de lentidão. A Companhia do Metropolitano do Distrito Federal informou que o transtorno ocorreu devido ao rompimento de cabos entre uma das subestações da Companhia Energética de Brasília (CEB) e o Metrô.

A companhia ressalta que a circulação de trens foi reduzida. Apenas 12 trens estão circulando, metade do previsto para o período da manhã. “Os técnicos ainda atuam na manutenção”, informou o Metrô às 8h25. Ainda não há previsão de quando os trens voltam a funcionar normalmente. 

Reparos

No início desta tarde, o Metrô informou que a equipe de manutenção continua fazendo os serviços, mas não há uma previsão de término dos trabalhos. A companhia ressaltou que, fora do horário de pico da manhã (das 6h às 8h45), o número de trens já é reduzido normalmente. Neste momento, então, não há impacto aos usuários.

Aguarde mais informações

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação