GDF

Ibaneis autoriza abertura de todos os portões da Feira dos Importados

Governador Ibaneis Rocha (MDB) comprou um Iphone 11 Pro Max, boné e fones de ouvido. Após ouvir reinvindicações dos comerciantes e trabalhadores, se comprometeu a encontrar uma solução para a falta de ônibus e a instalar câmeras de segurança no local

Sarah Peres
postado em 03/10/2020 13:29 / atualizado em 03/10/2020 14:28
 (crédito: Ana Rayssa/CB/D.A Press)
(crédito: Ana Rayssa/CB/D.A Press)

Em agenda oficial deste sábado (3/10), o governador Ibaneis Rocha (MDB) visitou a Feira dos Importados. O objetivo da ida ao polo de compras, no Setor de Indústria e Abastecimento (SIA), era ouvir as reivindicações de comerciantes e trabalhadores, antes da reunião oficial com a cúpula do governo, marcada para a próxima terça-feira (6), com as secretarias de Transporte e Mobilidade, e de Segurança Pública. 

Ibaneis chegou acompanhado do vice-governador, Paco Britto, e de aliados. A primeira parada foi em uma pastelaria. Após lanche, o chefe do Executivo local passou a visitar outras bancas, onde comprou um Iphone 11 Pro Max, boné e fones de ouvido. 

"Decidimos vir até aqui para ouvir deles quais são as necessidades dos comerciantes, pois sabemos da importância da Feira dos Importados para o Distrito Federal. O espaço se tornou um ponto turístico, e muitas pessoas que visitam a capital, aproveitam para conhecer o local também. Mas sabemos que há a demanda por melhorias", explica. 

Na visita, Ibaneis Rocha aproveitou para comprar um Iphone 11 Pro Max
Na visita, Ibaneis Rocha aproveitou para comprar um Iphone 11 Pro Max (foto: Ana Rayssa/CB/D.A Press)

Para a vendedora Jessica Dayse, de 30 anos, a principal reivindicação é a reabertura dos portões da feira. "Com a pandemia, passamos muito tempo sem trabalhar e, consequentemente, sem nossa renda. Quando retomamos as atividades, o espaço não foi completamente aberto para o público, o que dificulta a retomada das vendas", afirma a moradora de Valparaíso de Goiás.

Aos feirantes, o governador garantiu a reabertura de todos os portões da Feira dos Importados, e também destacou pontos que serão debatidos em reunião oficial. "Já autorizamos a abertura de todos portões hoje (3/10). Mas recebemos outras demandas de extrema importância, como a questão do transporte público para os trabalhadores. Muitos informam que, após o serviço, precisam caminhar para a Estrutural para conseguir pegar o ônibus, por exemplo", informa.

Segundo Ibaneis, o tema será debatido com a Secretaria de Mobilidade para que se encontre a melhor alternativa. "Ainda, faremos um estudo com a Segurança Pública para a instalação de câmeras de segurança ao redor de toda a Feira dos Importados, assim como no Setor de Indústria", ressalta Ibaneis Rocha. 

"Outro ponto a ser discutido é a questão dos ambulantes ilegais ao redor da Feira dos Importados, que atrapalha na movimentação econômica dos comerciantes legalizados, dentro do espaço. Visamos a retirada desse grupo, e analisaremos se será o caso de encaminhá-los para outros pontos, para que continuem com as atividades", destaca. 

O chefe do Buriti salienta que as visitas às feiras do Distrito Federal prosseguirão, aos sábados. Inicialmente, a previsão é que, no próximo fim de semana (10), os comerciantes da Feira dos Importados do Núcleo Bandeirante receberam Ibaneis Rocha. 

  • Na visita, Ibaneis Rocha aproveitou para comprar um Iphone 11 Pro Max
    Na visita, Ibaneis Rocha aproveitou para comprar um Iphone 11 Pro Max Foto: Ana Rayssa/CB/D.A Press
  • Ibaneis Rocha aproveitou para comprar um Iphone 11 Pro Max em uma das bancas da Feira dos Importados
    Ibaneis Rocha aproveitou para comprar um Iphone 11 Pro Max em uma das bancas da Feira dos Importados Foto: Ana Rayssa/CB/D.A Press
  • O governador aproveitou para fazer compras nas bancas
    O governador aproveitou para fazer compras nas bancas Foto: Ana Rayssa/CB/D.A Press
  • Ibaneis Rocha e aliados fazem lanche na Feira dos Importados
    Ibaneis Rocha e aliados fazem lanche na Feira dos Importados Foto: Ana Rayssa/CB/D.A Press
Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação