Crime

Polícia Federal reconstitui homicídio de jovem baleado por agente

Caso ocorreu em fevereiro de 2019, durante abordagem policial próximo à BR-020, em Planaltina

Washington Luiz
postado em 06/10/2020 10:25
Em 2019, PRF divulgou imagem do simulacro de arma que teria sido usado por jovem baleado por agente da corporação -  (crédito: Divulgação/Polícia Rodoviária Federal )
Em 2019, PRF divulgou imagem do simulacro de arma que teria sido usado por jovem baleado por agente da corporação - (crédito: Divulgação/Polícia Rodoviária Federal )

A Polícia Federal realizou, na manhã desta terça-feira (6/10), a reconstituição do homicídio de um jovem de 18 anos que morreu após ser baleado por um agente da Polícia Rodoviária Federal (PRF), em Planaltina. O caso ocorreu em fevereiro de 2019.

Na época, três homens estavam ouvindo som automotivo em uma camionete, próximo à BR-020, quando foram abordados por policiais rodoviários federais e policiais militares. Testemunhas disseram que houve uma confusão entre os agentes da PRF e os ocupantes do veículo, o que resultou nos disparos que atingiram a vítima.

De acordo com a versão dos policiais, um dos abordados teria desobedecido ao comando da abordagem e feito movimento de saque de um simulacro de pistola. Diante disso, o policial atirou contra o rapaz, que morreu no local e não tinha antecedentes criminais.

Além da PF, o Ministério Público Federal e a Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara dos Deputados acompanharam a reconstituição. 

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação