Violência contra animais

VÍDEO: cadela vítima de maus-tratos é resgatada em Sobradinho

Animal estava abandonado e com ferida nas costas. Outro cachorro foi encontrado morto dentro de saco de ração

Mariana Machado
postado em 06/10/2020 19:33 / atualizado em 06/10/2020 20:49
 (crédito: Divulgação / PCDF)
(crédito: Divulgação / PCDF)

A Polícia Civil do Distrito Federal resgatou uma cadela que sofria maus-tratos, na tarde desta terça-feira (6/10), em Sobradinho. Um outro cachorro estava morto dentro de um saco de ração. A dona dos animais irá responder pelo crime de maus-tratos e a pena pode chegar a 13 anos de prisão.

Policiais da 35ª Delegacia de Polícia (Sobradinho 2) receberam denúncia anônima de que uma mulher havia abandonado a própria casa, deixando os cachorros para trás. Na segunda-feira (5/10), ela chegou a ir até a residência para limpar o ambiente.

Diante disso, os agentes deflagraram a operação São Francisco. Quando os policiais foram ao endereço, não localizaram ninguém, mas conversaram com vizinhos, que reclamaram de forte cheiro de carniça que vinha de dentro do imóvel.

Pelo muro, os policiais conseguiram ver a cadela abandonada em péssimas condições físicas. "Quando os policiais chegaram, subiram muro da vizinha e avistaram o animal naquelas condições de inanição, passando muitas necessidades, com uma grande ferida nas costas", relatou o delegado da 35ª DP, João de Ataliba.

Dentro do lote, eles fizeram buscas e encontraram o outro animal morto dentro de um saco de ração cheio de fezes. Havia ainda alguns potes de ração e comida deixado pelos vizinhos. "A dona sequer teve a dignidade de enterrar seu animalzinho. Ela já foi identificada e será indiciada por dois crimes de maus-tratos", informou o delegado. A cadela resgatada será levada a uma Organização Não Governamental (ONG) de proteção de animais. 

 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação