Obituário

Morre, aos 60 anos, o jornalista Edson Luiz, após infarto

Internado para tratar doença no fígado e rins, Edinho - como era conhecido por amigos e familiares - testou positivo para covid-19, superou a doença, mas não resistiu às complicações de um infarto

Ana Maria da Silva*
postado em 08/10/2020 09:49 / atualizado em 08/10/2020 18:18
Edson morreu após complicações causadas pela covid-19 -  (crédito: Reprodução/Facebook)
Edson morreu após complicações causadas pela covid-19 - (crédito: Reprodução/Facebook)

O jornalista Edson Luiz morreu nesta quinta-feira (8/10), pela manhã, aos 60 anos, em decorrência de complicações infecciosas, que fizeram com que o corpo começasse a falhar. Grande nome do jornalismo brasileiro, foi internado há um mês com problemas no fígado e rins. No hospital, testou positivo para o novo coronavírus e a situação agravou-se, mas conseguiu passar pela doença. Há um dia, sofreu infarto, o colapso dos órgãos vitais se agravou e o quadro ficou insustentável.

Conhecido como Edinho, o jornalista fez história em diferentes veículos, como Estadão, O GloboCorreio Braziliense, entre outros. “É uma perda não só para o jornalismo brasiliense, mas para o nacional também. Ele era um sujeito que brilhou tanto quanto assessor que foi durante muitos anos no Ministério da Justiça, quanto repórter”, ressalta o amigo e fotógrafo Orlando Britto.

Amigo para todas as horas, profissional de primeira, Edson deixa seu legado: “Ele realmente era um sujeito querido, sereno, preciso. Conhecia muito o tema de segurança pública, ecologia. Brilhou intensamente enquanto trabalhou nessa área. É uma perda imensurável para nós, jornalistas, amigos e colegas”, lamenta o amigo.

A despedida do jornalista nesta sexta-feira(9/10), no cemitério Campo da Esperança. O velório será das 12h às 14h, na capela número 1. O sepultamento será às 14h30.

 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação