Legislativo

Consulta on-line facilita trabalho de deputados para orçamento de 2021

Com objetivo de otimizar o gasto público, sistema passa a ser totalmente on-line e com acesso mais fácil para parlamentares

Correio Braziliense
postado em 16/10/2020 11:38 / atualizado em 16/10/2020 11:39
 (crédito: Divulgação/CLDF)
(crédito: Divulgação/CLDF)

A Secretaria de Economia divulgou, nesta quinta-feira (15/10), o Caderno de Sugestões de Emendas Distritais para o Orçamento de 2021. Pela primeira vez, o caderno passará a contar com um sistema de consulta 100% digital, o que vai facilitar o trabalho dos parlamentares. O Sistema de Propostas ao Caderno de Emendas (SisCAEP) já está disponível para consulta e foi apresentado aos deputados distritais pelo canal da pasta no YouTube. Confira o novo Caderno de Emendas Distritais.

Durante a apresentação, o secretário de Economia, André Clemente, ressaltou a importância da iniciativa. “É um momento inédito no DF, pois o caderno de emendas assumiu o formato digital”, anunciou. No evento on-line, Clemente explicou que o caderno passou a fazer parte de um sistema, alimentado por todas as áreas do Governo do Distrito Federal (GDF).

“Todas as áreas que se interessaram puderam inserir projetos, programas, ações e, com isso, consolidamos as informações em uma linguagem única, tecnicamente organizada para que os parlamentares possam analisar e decidir se vão apoiar alguma ação do Executivo com suas emendas”, detalhou.

O secretário executivo de Relações Parlamentares da Casa Civil, Maurício Antônio do Amaral Carvalho, enfatizou que o apoio dos distritais ao Caderno de Emendas é fundamental para a execução do orçamento. “O apoio e a dedicação dos deputados irão consolidar e fortalecer esse instrumento que visa contribuir com a Lei Orçamentária Anual”, afirmou.

 

Avanço

O Projeto de Lei Orçamentária Anual (Ploa) 2021 foi enviado pelo Executivo para a Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLDF) em setembro e teve sua tramitação iniciada na quinta-feira (15/10) na Comissão de Economia, Orçamento e Finanças (Ceof) da Câmara Legislativa. O prazo de emendas dos parlamentares à proposta orçamentária na Ceof vai até 11 de novembro.

Para o secretário-executivo de Orçamento, José Itamar Feitosa, o SisCAEP é um avanço no processo de tomada de decisões. “É mais um passo do Executivo para otimizar o gasto público”, explicou. “Essas sugestões são oferecidas aos parlamentares no intuito de subsidiar a tomada de decisão com relação à alocação dos recursos de emendas”.

 

Sobre o Caderno de Emendas

O Caderno de Sugestões de Emendas Distritais é produzido pelo GDF desde 2016 e, neste ano, ganhou a versão digital para auxiliar na elaboração da proposta orçamentária de 2021, em tramitação na Câmara Legislativa. O documento é composto por diversas ações e programas temáticos que foram elaborados pelas unidades orçamentárias do governo e se encontram em fase avançada de execução e viabilidade.

As emendas são mecanismos previstos em lei para que parlamentares possam alterar partes dos projetos de leis orçamentárias anuais. As sugestões de mudança na execução dessas verbas permitem que os deputados destinem parcela do orçamento do Executivo para obras, serviços e programas que atendam a demandas locais e da população que eles representam.

*Com informações da Agência Brasília

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação