Sistema Penitenciário

Mais um preso foragido da Papuda é recapturado pela Polícia Militar

O detento recapturado após fuga da Papuda, identificado como Erison Vieira de Moraes, responde por roubo qualificado e adulteração de sinal identificador de veículo

Darcianne Diogo
postado em 16/10/2020 20:33 / atualizado em 16/10/2020 20:42
 (crédito: Fotos: Reprodução/Video )
(crédito: Fotos: Reprodução/Video )

Mais um interno foragido do Complexo Penitenciário da Papuda foi recapturado na noite desta sexta-feira (16/10), pela Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF). Até a última atualização desta reportagem, 12 dos 17 detentos que fugiram haviam sido recuperados. Cinco, no entanto, permanecem foragidos. 

O detento recapturado, identificado como Erison Vieira de Moraes, responde por roubo qualificado e adulteração de sinal identificador de veículo. Ele estava escondido na chácara 118 do Sol Nascente, segundo informaram fontes policiais ao Correio. No momento em que policiais chegaram ao endereço, o detento mantinha como refém uma senhora e uma idosa. "Ele estava com uma faca no pescoço da mulher, que, inclusive, está lesionado. Quando chegamos, pedimos para que ele largasse a vítima e se entregasse", detalhou o sargento da PMDF Marcondes de Freitas. 

A fuga ocorreu na Cela 4 da Ala C do Bloco 1 do Centro de Detenção Provisória (CDP I), na madrugada de quarta-feira (14/10). Os 20 detentos que estavam na cela cavaram, por quatro dias, um buraco no telhado na dimensão de uma pessoa. Para a ação, os custodiados utilizaram uma faca artesanal produzida pelo próprio grupo. 

Reforma

Fontes informaram à reportagem que o teto velho e desgastado facilitou a fuga dos internos. O CDP I é um dos presídios mais antigos da Papuda. Fundada em 1973, a unidade abriga 3.409 detentos, mas tem capacidade para 1.679, segundo a Secretaria de Administração Penitenciária do DF (Seape). No dia do ocorrido, a juíza titular da Vara de Execuções Penais (VEP), Leila Cury, visitou a unidade prisional e determinou a interdição da ala. 

Foragidos


Paulo Henrique de Santana Pereira Souza
Responde por homicídio qualificado e tentado; roubo qualificado; e corrupção de menores
Sem sinais

Wanderson da Silva Santos
Responde por homicídio, receptação e uso de documento falso
Sem sinais

Gabriel Nathan da Rocha Bessio, vulgo "Frajola"
Responde por tráfico de drogas, corrupção de menores e posse de drogas
Sinais: tatuagens de "Murilo Henrique" no antebraço esquerdo e Letra na mão direita

Carlos Cauan da Silva Campos
Responde por furto qualificado e resistência
Sinais: sem informações

Lucas Caldeira da Silva
Responde por causar incêndio e furto qualificado
Sinais: tatuagem da letra "L" no braço direito

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação