Saúde

GDF indicará Paulo Ricardo Silva para presidência do Iges

Atual presidente interino será indicado à Câmara Legislativa do Distrito Federal, onde passará por sabatina

Tainá Seixas
postado em 17/10/2020 00:00 / atualizado em 17/10/2020 00:02
 (crédito: Ed Alves/CB/D.A. Press)
(crédito: Ed Alves/CB/D.A. Press)

O secretário de Saúde, Osnei Okumoto, afirmou, nesta sexta-feira (16/10) que Paulo Ricardo Silva será indicado para a presidência do Instituto de Gestão Estratégica em Saúde do Distrito Federal (Iges-DF). Silva está na presidência do instituto, atualmente, apenas de forma interina.

O nome deverá ser enviado à Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLDF) para que ele possa ser sabatinado pelos deputados. O anúncio foi feito em audiência pública remota do parlamento.

“Estive conversando com a Casa Civil ontem e o nome do Dr. Paulo Ricardo vai ser encaminhado para a Câmara para que ele possa, então, ser submetido à sabatina. Não é confortável também para nós que a interinidade aconteça. Ou que a pessoa tenha a necessidade de passar pela sabatina como é determinado para que a gente possa, então, ter legalmente nosso presidente em exercício”, afirmou o secretário na ocasião.

Paulo Ricardo Silva é presidente interino do instituto desde 28 de setembro, quando assumiu a vaga deixada por Sérgio Luiz da Costa, que saiu do cargo por alegar problemas de saúde. Antes disso, Silva foi subsecretário-adjunto Executivo da Secretaria de Saúde do DF (SES-DF).

Anteriormente, a principal cadeira do Iges-DF foi ocupada por Francisco Araújo Filho, ex-secretário de saúde, atualmente preso durante Operação Falso Negativo, que investiga supostas irregularidades na compra de testes para covid-19.

O ciclo de debates, promovido pelo distrital Leandro Grass (Rede), começou na última sexta-feira (9/10) com objetivo de analisar a situação da saúde do DF. Na sessão de hoje, o tema foi o Iges-DF e as suspeitas de irregularidades no instituto.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação