VIOLÊNCIA

Casal é preso por assassinato de empresário em Santa Maria

João Paulo Fernandes da Silva, 38, é suspeito de atirar na cabeça da vítima, e Priscila Oliveira Leite teria facilitado a fuga do homem após o crime, ocorrido em 9 de setembro deste ano

Sarah Peres
postado em 20/10/2020 15:48 / atualizado em 20/10/2020 15:50
Alan foi morto com um tiro na cabeça, em 9 de setembro deste ano -  (crédito: Reprodução)
Alan foi morto com um tiro na cabeça, em 9 de setembro deste ano - (crédito: Reprodução)

O casal acusado de participar do assassinato de Alan Bonfim Serpa, de 29 anos, acabou preso nesta terça-feira (20/10). João Paulo Fernandes da Silva, 38, é suspeito de atirar na cabeça da vítima, e Priscila Oliveira Leite teria facilitado a fuga do homem após o crime, ocorrido em 9 de setembro deste ano. A vítima era dona de um hookah em Santa Maria.

Segundo investigação da 33ª Delegacia de Polícia (Santa Maria), a motivação do homicídio foi uma briga por causa de uma motocicleta. João Paulo teria anunciado a venda do veículo em um site de vendas da internet, cobrando R$ 10 mil. Alan teria visto a publicação e demonstrado interesse na venda.

Após negociação, o suspeito entregou a motocicleta para Alan, mas não recebeu o valor cobrado. Por causa do golpe, João Paulo decidiu matar a vítima. No dia do crime, o homem foi até o hookah, localizado no Conjunto B da Quadra 319 de Santa Maria. Ali, deu um tiro na cabeça de Alan.

A vítima chegou a ser socorrida pelos bombeiros após uma parada cardiorrespiratória. O homem foi internado em estado gravíssimo no Hospital Regional de Santa Maria, mas não resistiu ao ferimento e morreu no local, no dia 10 de setembro.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação