Pandemia

No intervalo de um dia, 608 novos casos de covid-19 foram registrados no DF

Pelo mais recente boletim localizado da pandemia, já houve mais de 209 mil casos

Correio Braziliense
postado em 25/10/2020 20:51
 (crédito: Marcelo Ferreira/ CB DA Press)
(crédito: Marcelo Ferreira/ CB DA Press)

Com novos dados divulgados pela Secretaria de Saúde local, já são 209.369 pessoas infectadas pelo coronavírus no Distrito Federal. No documento, há registro de 3.633 mortes (representando 1,7% do total
de casos).

Nos registros de infecção, a maior parcela de notificações traz faixas etárias entre 30 a 49 anos. A maior parte dos casos foi estabelecida em Ceilândia (com 14,1%) e, pela ordem, em Taguatinga (9,5%) e Plano Piloto (9,1%).

Quanto as mortes decorrentes da enfermidade, foram 656 óbitos em Ceilândia, 371 em Taguatinga e 291 em Samambaia. Houve acusação da presença de comorbidades entre 17,8% dos contaminados, enquanto o percentual do grupo chega a 85,6%, quando observados os casos de mortes.

O novo boletim ainda detalha fatos relacionados a 10 novas mortes, uma referente ao mês de junho, três em julho e outras seis, em outubro. Metade dessas mortes vitimaram mulheres. Nesta nova leva de registros de óbitos, todos atingiram residentes do DF e nenhum escapou do perfil de apresentar comorbidades. No total das 10 mortes, quatro foram de moradores do Plano Piloto e, em seis dos casos, os mortos apresentavam histórico de distúrbios metabólicos. Em oito dos dez casos, a idade das vítimas foi superior a 60 anos. Noutro extremo, houve uma morte de morador da cidade na faixa dos 20 anos e, no outro caso de morte, a pessoa tinha entre 50 e 59 anos. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação