MAUS-TRATOS

Vídeo: PMDF resgata cães em chácara no Guará 2 e pede ajuda da comunidade

Três animais foram encontrados acorrentados em um cabo de aço e sem condições higiênicas. O proprietário do lote foi preso por suspeita de maus-tratos contra animais

Thais Umbelino
postado em 26/10/2020 22:22
Os animais foram levados para a 1ª DP e depois encaminhados para clínica veterinária em Valparaíso -  (crédito: Divulgação/PMDF)
Os animais foram levados para a 1ª DP e depois encaminhados para clínica veterinária em Valparaíso - (crédito: Divulgação/PMDF)

A Polícia Militar do DF (PMDF) resgatou, na madrugada desta segunda-feira (26/10), três cachorros que foram encontrados acorrentados em um cabo de aço, em uma chácara atrás do Setor de Postos e Motéis, no Guará 2. O proprietário do local foi preso em flagrante, por suspeita de maus-tratos contra animais.

Segundo a equipe, os cães foram encontrados com forte odor e sem condições higiênicas. Dentro das vasilhas de água havia barro e pedaços de insetos. As unhas dos animais estavam grandes, o que dificultava a locomoção deles. Um dos cães apresentava um furo no pescoço, com sangramento e larvas dentro.

Os animais foram recolhidos e levados a uma clínica veterinária em Valparaíso (GO) para os devidos cuidados médicos. Dois foram foram encaminhados para uma casa de acomodação provisória, onde esperam por adoção. O animal encontrado como furo no pescoço segue internado.

As comidas e remédios foram fornecidas por meio de dinheiro arrecadado em vaquinha pelos próprios policiais. “Procuramos ajuda financeira e principalmente adoção”, solicitou o sargento Bruno Cunha, um dos responsáveis pelo resgate. Os interessados em ajudar podem entrar em contato pelo (61) 9 9863-9901.

Caso

Durante patrulhamento pela região, a equipe recebeu uma denuncia anônima por um aplicativo de mensagens instantâneas sobre suspeita de maus-tratos contra animais em uma chácara. No local, foi realizado contato com o caseiro da propriedade, que permitiu que a equipe visualizasse a situação dos cães.

“De imediato, a guarnição constatou o fato delituoso. Haviam três cães acorrentados em correntes pesadas de curta extensão, que eles nem se locomoviam devido ao peso desta”, conta a PMDF.

A equipe solicitou apoio ao policiais militares integrantes do Grupo Tático Operacional (Gtop 24) e à equipe do Coordenador de Policiamento da Unidade do 4º BPM (Cpu 24), que prestaram apoio ao deslocamento, com as partes envolvidas, juntamente com os animais para a 1ª Delegacia de Polícia (Asa Sul).

  • Os animais foram levados para a 1ª DP e depois encaminhados para clínica veterinária em Valparaíso
    Os animais foram levados para a 1ª DP e depois encaminhados para clínica veterinária em Valparaíso Divulgação/PMDF
  • Um dos cachorros foi encontrado com ferimentos no pescoço
    Um dos cachorros foi encontrado com ferimentos no pescoço Divulgação/PMDF
  • A águas dos cães foi encontrada com larvas
    A água dos cães foi encontrada com larvas Divulgação/PMDF
  • Os animais aguardam por adoção em casa de acomodação provisória
    Os animais aguardam por adoção em casa de acomodação provisória Divulgação/PMDF

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação