Coronavírus

Covid-19: UnB e Iges firmam parceria para rastrear contatos

Quem interagiu com pessoas que testaram positivo para a doença é orientado a cumprir quarentena de 14 dias

Jéssica Moura
postado em 29/10/2020 12:24
Estudantes passam por treinamento on-line para ajudar no rastreamento de contatos -  (crédito: Reprodução/UnB)
Estudantes passam por treinamento on-line para ajudar no rastreamento de contatos - (crédito: Reprodução/UnB)

Para reduzir as transmissões de covid-19 no Distrito Federal, a Universidade de Brasília (UnB) firmou uma parceria com o Instituto de Gestão Estratégica de Saúde do Distrito Federal (Iges-DF). O grupo de pesquisa faz o rastreamento de contato de pessoas cujos testes RT-PCR tiveram resultado positivo para o novo coronavírus.

O projeto ocorre em unidades de saúde da capital: Hospital Regional de Santa Maria (HRSM), o Hospital de Base e mais seis unidades de Pronto Atendimento (UPAs) espalhadas pelo DF. Estudantes matriculados na disciplina Pesquisa Científica em Grandes Temas 2, da Faculdade de Agronomia e Medicina Veterinária (FAV) auxiliam no levantamento.

Os alunos ligam para os infectados, diagnosticados nos hospitais, com o intuito de descobrir com quem tiveram contato pessoal até dois dias antes de apresentarem os sintomas da doença. Ao localizarem os chamados "contactantes", os estudantes recomendam o isolamento social por duas semanas, já que essas pessoas podem estar contaminadas e não saber. Desse modo, o objetivo do projeto é reduzir a circulação do vírus e contribuir para o controle da pandemia.

Os riscos de contágio são elevados quando um pessoa sadia tem contato por mais de 15 minutos e a uma distância inferior a dois metros com alguém que testou positivo, seja em conversas, com contato físico ou apenas compartilhando a mesma casa. Antes das atividades, os alunos passam por um treinamento on-line, desenvolvido pela universidade americana Johns Hopkins, que é referência no monitoramento de casos de covid-19.




Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação