Cadastro

Caesb: clientes devem atualizar dados para receber benefícios

A companhia já notificou 20 mil usuários através de comunicados distribuídos aos imóveis pelos leituristas

Correio Braziliense
postado em 29/10/2020 14:17
Cadastro é importante para manter regularidade com a empresa -
Cadastro é importante para manter regularidade com a empresa -

A Companhia de Saneamento Ambiental do Distrito Federal (Caesb) vem notificando 20 mil usuários por meio de comunicados distribuídos aos imóveis pelos leituristas com o intuito de garantir a atualização dos dados dos clientes. O cadastro da Companhia prevê que os clientes atualizem dados pessoais como CPF ou CNPJ, documento pessoal digitalizado, telefone, e-mail, além de documentos que comprovem a posse, propriedade ou ocupação do imóvel.

A atualização é feita pelo órgão há sete anos para que os clientes possam receber benefícios sociais a que têm direito, uma vez que a tarifa social e outros programas estão diretamente relacionados ao CPF ou ao CNPJ dos usuários. A atualização também é necessária para evitar a suspensão no fornecimento de água.

O superintendente de Comercialização da Companhia, Diego Rezende Ferreira, explica que a atualização cadastral é necessária para que o usuário, de fato, tenha um comprovante de seu vínculo com o imóvel e facilite a comprovação de residência e solicitação de serviços ao longo do tempo. “Desde a publicação da Resolução nº 14, da Adasa, em outubro de 2011, o vínculo da Caesb com os usuários passou a ser por meio da relação contratual entre pessoa física ou pessoa jurídica. Mas, como a quantidade de usuários vinculados à Companhia é superior a 700 mil, alguns usuários ainda não atualizaram o cadastro”, resume Diego.

A atualização cadastral pode ser feita após cadastro prévio no site da Caesb. Também é possível atualizar os dados pelo app da Caesb, pela Agência Virtual e nas unidades do Na Hora de Ceilândia, Riacho Fundo, Taguatinga e Gama, por meio de agendamento prévio, no site.

Durante a pandemia, os escritórios de atendimento se encontram fechados por medidas de segurança, mas tão logo seja retomado o atendimento presencial, a atualização cadastral também poderá ser realizada nos escritórios regionais.

Débitos

Caso o cliente possua débitos junto à Caesb, eles deverão ser negociados para efetivação da atualização cadastral. O usuário pode parcelar as contas em aberto pelo site www.caesb.df.gov.br, via Autoatendimento, ou presencialmente nas unidades do Na Hora de Ceilândia, Riacho Fundo, Taguatinga e Gama, por meio de agendamento prévio, no site da Caesb. Para o parcelamento, o consumidor deve levar cópia e original dos documentos pessoais e dos documentos de propriedade ou posse do imóvel.

Caso o consumidor tenha dúvidas quanto à autenticidade do comunicado enviado, pode entrar em contato pelo telefone 115.

 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação