VIOLÊNCIA

Traficantes são presos após tentarem matar jovem com dois tiros no rosto

Os suspeitos atiraram contra a vítima, Gabriel Silva Camilo, quatro vezes. O caso ocorreu em 16 de setembro, na QNN 17, em Ceilândia Norte. A Polícia Civil prendeu duas pessoas na manhã desta sexta-feira (6/11)

Sarah Peres
postado em 06/11/2020 13:58 / atualizado em 06/11/2020 13:58
 (crédito: PCDF/Divulgação)
(crédito: PCDF/Divulgação)

Agentes da 19ª Delegacia de Polícia (Sol Nascente e Pôr do Sol) prenderam temporariamente, na manhã desta sexta-feira (6/11), dois traficantes acusados de tentativa de homicídio qualificado. Um é considerado foragido. Os suspeitos teriam atirado quatro vezes contra Gabriel Silva Camilo, conhecido como “Gibi”, em 16 de setembro deste ano. A vítima foi atingida quatro vezes, sendo duas no rosto, e um dos projéteis atravessou a cabeça dela. O homem foi socorrido e sobreviveu ao ataque.

No dia do crime, Gabriel estava sentado em frente à casa dele, quando três homens armados chegaram em um Corsa prata. Era por volta das 22h50 quando os acusados desceram do veículo, na QNN 17 de Ceilândia Norte, e apontaram as armas para a vítima. Sem qualquer chance de defesa, o jovem levou quatro tiros. Após os disparos, o trio fugiu no automóvel.

Gibi precisou ser socorrido com urgência Hospital Regional de Ceilândia (HRC) depois ser atingido por quatro tiros. Além dos disparos nos lábios do jovem, outros dois acertaram o tórax e a perna direita dele. Uma semana após o ataque, o homem deixou o hospital sem nenhuma sequela. Por causa disso, a ação da 19ª DP foi batizada de Operação Highlander, em referência ao filme de 1986 que conta a história do guerreiro imortal Connor MacLeod que em 1536 foi ferido em batalha e ressuscitou misteriosamente.

A motivação

Em meio à investigação de tentativa de homicídio, os policiais identificaram que tanto a vítima quanto os acusados eram traficantes de drogas na região. A motivação da desavença seria a disputa por uma boca de fumo na QNN 19. Os agentes descobriram que, em julho deste ano, Gabriel já tinha sido espancado quase até a morte pelos mesmos três acusados. O ataque ocorreu em frente a uma distribuidora de bebidas da EQNN 19/17.

Ao identificarem os envolvidos, os investigadores descobriram o esconderijo de um dos acusados, localizado na QNN 19. O cumprimento dos mandados de prisão temporária e de busca e apreensão no local, foram encontradas munições de diversos calibres, porções de cocaína, onze garrafas grandes cheias de lança perfume e uma balança de precisão.

Em outra residência dos suspeitos, os policiais encontraram e apreenderam um celular roubado, porções de maconha e dinheiro. Os dois suspeitos presos na operação desta sexta-feira (6) foram autuados em flagrante por tráfico de drogas e receptação dolosa. Eles já respondem pela tentativa de homicídio qualificado por motivo fútil e mediante recurso que impossibilitou a defesa da vítima.

 

  • Os suspeitos atiraram contra a vítima, Gabriel Silva Camilo, quatro vezes. O caso ocorreu em 16 de setembro, na QNN 17, em Ceilândia Norte
    Os suspeitos atiraram contra a vítima, Gabriel Silva Camilo, quatro vezes. O caso ocorreu em 16 de setembro, na QNN 17, em Ceilândia Norte Foto: PCDF/Divulgação
  • Os suspeitos atiraram contra a vítima, Gabriel Silva Camilo, quatro vezes. O caso ocorreu em 16 de setembro, na QNN 17, em Ceilândia Norte
    Os suspeitos atiraram contra a vítima, Gabriel Silva Camilo, quatro vezes. O caso ocorreu em 16 de setembro, na QNN 17, em Ceilândia Norte Foto: PCDF/Divulgação
  • Os suspeitos atiraram contra a vítima, Gabriel Silva Camilo, quatro vezes. O caso ocorreu em 16 de setembro, na QNN 17, em Ceilândia Norte
    Os suspeitos atiraram contra a vítima, Gabriel Silva Camilo, quatro vezes. O caso ocorreu em 16 de setembro, na QNN 17, em Ceilândia Norte Foto: PCDF/Divulgação
  • Os suspeitos atiraram contra a vítima, Gabriel Silva Camilo, quatro vezes. O caso ocorreu em 16 de setembro, na QNN 17, em Ceilândia Norte
    Os suspeitos atiraram contra a vítima, Gabriel Silva Camilo, quatro vezes. O caso ocorreu em 16 de setembro, na QNN 17, em Ceilândia Norte Foto: PCDF/Divulgação
  • Os suspeitos atiraram contra a vítima, Gabriel Silva Camilo, quatro vezes. O caso ocorreu em 16 de setembro, na QNN 17, em Ceilândia Norte
    Os suspeitos atiraram contra a vítima, Gabriel Silva Camilo, quatro vezes. O caso ocorreu em 16 de setembro, na QNN 17, em Ceilândia Norte Foto: PCDF/Divulgação
  • Os suspeitos atiraram contra a vítima, Gabriel Silva Camilo, quatro vezes. O caso ocorreu em 16 de setembro, na QNN 17, em Ceilândia Norte
    Os suspeitos atiraram contra a vítima, Gabriel Silva Camilo, quatro vezes. O caso ocorreu em 16 de setembro, na QNN 17, em Ceilândia Norte Foto: PCDF/Divulgação
  • Os suspeitos atiraram contra a vítima, Gabriel Silva Camilo, quatro vezes. O caso ocorreu em 16 de setembro, na QNN 17, em Ceilândia Norte
    Os suspeitos atiraram contra a vítima, Gabriel Silva Camilo, quatro vezes. O caso ocorreu em 16 de setembro, na QNN 17, em Ceilândia Norte Foto: PCDF/Divulgação
  • Os suspeitos atiraram contra a vítima, Gabriel Silva Camilo, quatro vezes. O caso ocorreu em 16 de setembro, na QNN 17, em Ceilândia Norte
    Os suspeitos atiraram contra a vítima, Gabriel Silva Camilo, quatro vezes. O caso ocorreu em 16 de setembro, na QNN 17, em Ceilândia Norte Foto: PCDF/Divulgação
  • Os suspeitos atiraram contra a vítima, Gabriel Silva Camilo, quatro vezes. O caso ocorreu em 16 de setembro, na QNN 17, em Ceilândia Norte
    Os suspeitos atiraram contra a vítima, Gabriel Silva Camilo, quatro vezes. O caso ocorreu em 16 de setembro, na QNN 17, em Ceilândia Norte Foto: PCDF/Divulgação
  • Os suspeitos atiraram contra a vítima, Gabriel Silva Camilo, quatro vezes. O caso ocorreu em 16 de setembro, na QNN 17, em Ceilândia Norte
    Os suspeitos atiraram contra a vítima, Gabriel Silva Camilo, quatro vezes. O caso ocorreu em 16 de setembro, na QNN 17, em Ceilândia Norte Foto: PCDF/Divulgação
  • Os suspeitos atiraram contra a vítima, Gabriel Silva Camilo, quatro vezes. O caso ocorreu em 16 de setembro, na QNN 17, em Ceilândia Norte
    Os suspeitos atiraram contra a vítima, Gabriel Silva Camilo, quatro vezes. O caso ocorreu em 16 de setembro, na QNN 17, em Ceilândia Norte Foto: PCDF/Divulgação
  • Os suspeitos atiraram contra a vítima, Gabriel Silva Camilo, quatro vezes. O caso ocorreu em 16 de setembro, na QNN 17, em Ceilândia Norte
    Os suspeitos atiraram contra a vítima, Gabriel Silva Camilo, quatro vezes. O caso ocorreu em 16 de setembro, na QNN 17, em Ceilândia Norte Foto: PCDF/Divulgação
  • Os suspeitos atiraram contra a vítima, Gabriel Silva Camilo, quatro vezes. O caso ocorreu em 16 de setembro, na QNN 17, em Ceilândia Norte
    Os suspeitos atiraram contra a vítima, Gabriel Silva Camilo, quatro vezes. O caso ocorreu em 16 de setembro, na QNN 17, em Ceilândia Norte Foto: PCDF/Divulgação
Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação