geração de renda

Projeto incentiva o empreendedorismo para mulheres em situação de vulnerabilidade

As mulheres irão confeccionar máscaras e equipamentos de proteção individual para vender e gerar renda. Além disso, contarão com oficinas e palestras sobre empreendedorismo, empoderamento feminino e direitos sociais

Correio Braziliense
postado em 10/11/2020 18:10
Projeto vai estimular o empreendedorismo, a geração de renda e empoderamento feminino. -  (crédito: .)
Projeto vai estimular o empreendedorismo, a geração de renda e empoderamento feminino. - (crédito: .)

O Serviço Social do Comércio do Distrito Federal (Sesc-DF) realiza o projeto “Gerando Renda e Protegendo Vidas”. O objetivo é promover a produção de máscaras e equipamentos de proteção individual (EPIs) confeccionados e vendidos por mulheres em situação de vulnerabilidade social nas regiões administrativas do Sol Nascente, Samambaia e Cidade Estrutural.

De acordo com a assistente de coordenação de Assistência do Sesc-DF Roslilane do Santos, o projeto é voltado para atender mulheres que precisam de fonte de renda para garantir ou contribuir com a subsistência da família. Para isso, o serviço comprou 600 metros de tecido destinados às instituições sociais que vão receber as costureiras para a confecção.

A proposta é que 70% do material produzido fique para as costureiras como geração de renda e os outros 30% serão destinados ao Programa Esportivo Social e Cidadania (PESC) do Sesc-DF. Cerca de mil alunos do programa receberão as máscaras confeccionadas. Segundo Roslilane, o retorno de parte da produção para o PESC também contribuirá para as famílias que necessitam. “Para famílias numerosas fazer a aquisição de máscaras pesa financeiramente. Então esses itens de proteção serão doados e beneficiarão os alunos e familiares do PESC”, explica.

Caso sobre, as máscaras serão doadas para o projeto itinerante de distribuição de sopas Cozinha sem Sobras. Os gorros e capotes produzidos serão destinados aos profissionais da área de saúde da instituição.

O projeto contará também com oficinas sobre empreendedorismo para dar noções e técnicas de vendas, com orientações para os negócios. Além de falar sobre o empoderamento feminino voltado para o posicionamento digital, com orientações das vendas nas redes sociais, fotografia e apresentação atrativa dos produtos. As oficinas são uma parceria com o Sebrae. Haverá também uma palestra sobre direitos sociais e autoestima que será realizada pelos assistentes sociais e psicólogos da coordenação de assistência do Sesc-DF.

As palestras e oficinas tiveram início no dia 9 e irão até o dia 26 deste mês. Confira a programação e localidades:

Programação

9/11:  Empreendedorismo - ABRA, QN 313 Conj B Lotes 1 e 2, Samambaia Sul

11/11: Empreendedorismo - FÊNIX, Quadra 03 Conj 02 Cs 05 – Setor Leste – Cidade Estrutural 

12/11: Empreendedorismo - FEHSOLNA, SHSN Av. P1 Chácara 160 Lote 01 - Sol Nascente

18/11: Empoderamento e dicas de venda em mídias sociais - ABRA/FÊNIX, Teatro 504 Sul

19/11: Empoderamento e dicas de venda em mídias sociais - FEHSOLNA, Auditório Sesc Ceilândia

23/11: Autoestima e direitos sociais - ABRA, Instituição/Samambaia 

25/11: Autoestima e direitos sociais - FÊNIX, Instituição/Estrutural

26/11: Autoestima e direitos sociais - FEHSOLNA, Instituição/Sol Nascente

 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação