TRÂNSITO

Mais uma ciclista morre nas vias do DF

Jéssica Moura
postado em 11/11/2020 22:53
 (crédito: Reprodução/Redes Sociais)
(crédito: Reprodução/Redes Sociais)

Amanda Rocha do Nascimento, 21 anos, é a 16ª ciclista morta neste ano nas vias do Distrito Federal. A jovem não resistiu aos ferimentos após ser atropelada, na noite de terça-feira, na Quadra 2, Setor Sul do Gama, e faleceu ontem.

Ela chegou a ser atendida pelo Corpo de Bombeiros Militar (CBMDF) e encaminhada em estado grave ao Hospital Regional do Gama (HRG). A vítima chegou à unidade de saúde com traumatismo craniano e fraturas expostas no braço direito, na perna direita e no tornozelo esquerdo. Ao dar entrada no hospital, ela teve uma parada cardíaca e foi reanimada 17 minutos depois. O motorista que atropelou Amanda tem 18 anos e não se feriu.

Até outubro deste ano, o Departamento de Trânsito (Detran) registrou 14 mortes de ciclistas. No mesmo período do ano passado, foram 19 óbitos em acidentes de trânsito. Em novembro, além de Amanda, outro ciclista foi vitimado nas vias do DF, elevando para 16 o total de mortes em 2020.

Na segunda-feira, um rapaz foi atropelado na BR-251 em São Sebastião e morreu no local da colisão. O condutor do veículo que atingiu a vítima não se feriu. Como a vítima não estava com os documentos, ela não foi identificada.

Outro caso foi o do policial civil aposentado, atropelado na DF-205, na Fercal, no último domingo. Por causa dos ferimentos, ele foi levado em estado grave ao Hospital de Base. O motorista fugiu ao ser informado por policiais militares que seria levado para a delegacia, e só se apresentou às autoridades na segunda-feira.

No último dia cinco, uma manifestação em frente ao Palácio do Buriti, que reuniu cerca de cem pessoas, homenageou os ciclistas mortos em acidentes no DF neste ano.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação