PEDOFILIA

Servidor público é preso com materiais de pornografia infantil, em Águas Claras

Policiais da Delegacia de Repressão aos Crimes Cibernéticos (DRCC) prenderam o servidor público nesta quinta-feira (12/11). O conteúdo estava armazenado em um HD externo, encontrado na casa do suspeito

Bárbara Fragoso
postado em 12/11/2020 16:24 / atualizado em 13/11/2020 10:28
Prisão ocorreu em apartamento de Águas Claras -  (crédito: Divulgação/DGPC)
Prisão ocorreu em apartamento de Águas Claras - (crédito: Divulgação/DGPC)

Policiais da Delegacia Especial de Repressão aos Crimes Cibernéticos (DRCC) prenderam, nesta quinta-feira (12/11), um servidor público de 49 anos, em Águas Claras, acusado de propagar vídeos e fotos com conteúdo de pornografia infanto-juvenil. A investigação resulta de uma série de apurações da unidade policial, relacionadas a crimes de pedofilia.

A operação contou com apoio do Instituto de Criminalística (IC) da Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF). Após autorização judicial, os policiais cumpriram mandado de busca e apreensão no apartamento do suspeito. Os materiais estavam armazenados em um HD externo.

"No apartamento, foram encontrados computadores, notebooks, celulares e diversos outros dispositivos eletrônicos, que foram apreendidos e serão encaminhados à perícia do IC", disse o delegado Dario Taciano de Freitas Júnior, da DRCC. 

O suspeito foi levado à delegacia e, posteriormente, à carceragem do Departamento de Polícia Especializada (DPE). Se condenado, ele pode pegar de 1 a 4 anos de prisão. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação