Investigação

Após cuspir em funcionárias de hamburgueria, mulher é detida pela polícia

Policiais ainda perceberam que se tratava da mesma pessoa que tinha cuspido e furtado objetos em uma copiadora no Núcleo Bandeirante

Correio Braziliense
postado em 14/11/2020 11:37 / atualizado em 14/11/2020 15:24
 (crédito: Ed Alves/CB/D.A Press)
(crédito: Ed Alves/CB/D.A Press)

Nessa sexta-feira (13/11), uma mulher de 24 anos foi presa após cuspir em duas funcionários de uma hamburgueria na Asa Norte. Uma equipe da Polícia Militar do Distrito Federal foi acionada e a conduziu à 5ª Delegacia de Polícia, na região.

Ela foi presa em flagrante por injúria, mas foi liberada, por se tratar, segundo a assessoria de comunicação da Polícia Civil do Distrito Federal, "de crime de menor potencial ofensivo, em acordo com o previsto no ditame legal".

Reincidência

Na delegacia, os policias perceberam que ela era a mesma pessoa que tinha sido filmada por câmeras de segurança cuspindo em pessoas e furtando objetos em uma papelaria e copiadora no Núcleo Bandeira, nessa terça-feira (10/11).

De acordo com José Santos, gerente da loja e uma das vítimas dos cuspes, ele não conseguiu acreditar quando sentiu a saliva nele. "Eu estava de costas e senti o líquido. Achei até que fosse impressão minha, mas depois vimos ela cuspindo em outras pessoas", relata.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE