Risco alimentar

Novamente, padaria de Águas Claras protagoniza caso de risco alimentar

Suposto caso de insegurança alimentar, com pães recheados de larvas, é denunciado por consumidor

Ricardo Daehn
postado em 21/11/2020 21:54
 (crédito: Juliano De Né/ Arquivo pessoal)
(crédito: Juliano De Né/ Arquivo pessoal)

Após 15 dias de um caso semelhante, uma das diretoras da unidade da Padaria Cinco Estrelas, em Águas Claras, Samira Bomtempo veio a público para, por meio de nota de esclarecimento, para relatar denúncia de um cliente, que se mostrou lesado pela aquisição de produto contendo larvas. Ao "suposto caso" apresentado, Samira reforça que um "erro na segurança" seria inadmissível, que a empresa tem "monitorando diariamente" a dinâmica dos funcionários. Por um lado, Samira garante que "auditorias de qualidade e fiscalizações (são adotadas) para garantir a segurança alimentar" dos clientes. "Verificamos nas câmeras de segurança da loja que o produto foi reposto e estava fresco", completa.

A contestação vem do cliente Juliano De Né, que esteve no estabelecimento na quinta-feira passada (19/11) para comprar o produto, supostamente infestado de larvas. Juliano diz não ter sido procurado para o retorno do caso, denunciado junto a redes sociais. "Deixamos informações no nosso perfil, teria sido possível sermos localizados", pondera.

Junto à solidez de 25 anos de empresa, com diário controle de produtos feitos por nutricionistas, Samira ressalta que a empresa emprega membros de quase 250 famílias. "Tentamos contato com a cliente para checarmos o produto e analisarmos o ocorrido", rebate. Além de providências necessárias, a nota de esclarecimento, endossada ao Correio, por telefone, registra que a empresa abre bastidores de produção para todos que quiserem presenciar. "Temos todos os documentos e certificações que são exigidos pela Anvisa", argumenta Samira. Por fim, na mesma nota encaminhada para a Associação dos Moradores de Águas Claras, ela reafirma: "Somos uma empresa séria, familiar, e nos dedicamos muito para tratar cada um com todo respeito e carinho que merece".


Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE