Rede Urbanidade

MPDFT encontra problemas em ciclovia do Trevo de Triagem Norte

Equipe que fez a vistoria encontrou problemas como travessias perigosas, falta de rampas nos cruzamentos, trechos sem interligação, falta de iluminação, erosão nas bordas da ciclovia, entre outros transtornos

Correio Braziliense
postado em 24/11/2020 14:42
 (crédito: Foto/divulgação MPDFT)
(crédito: Foto/divulgação MPDFT)

No sábado (21/11), representantes da Rede Urbanidade realizaram uma inspeção na ciclovia recém-concluída no Trevo de Triagem Norte (TTN). Na vistoria, foram identificados problemas como travessias perigosas e falta de rampas nos cruzamentos, trechos sem interligação, falta de iluminação, erosão nas bordas da ciclovia e evidências de risco de desabamento da estrutura pavimentada por inexistência de obras de contenção.

O relatório sobre as irregularidades encontradas será elaborado e encaminhado aos órgãos e entidades responsáveis.

Além dos problemas na estrutura, a alta velocidade dos veículos que passam pelo trecho chamou a atenção na fiscalização. Apesar disso, também foram observados pontos positivos. A pavimentação asfáltica e a sinalização horizontal são os principais deles, de acordo com o Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT)

Para garantir o respeito aos direitos de pedestres, ciclistas e usuários do transporte coletivo na área do TTN, a 1ª Promotoria de Justiça de Defesa da Ordem Urbanística (Prourb) instaurou procedimento para obter informações sobre as soluções adotadas pelo DF e pelo Departamento de Estradas de Rodagem do Distrito Federal (DER-DF).

A Rede

A Rede de Promoção da Mobilidade Sustentável e do Transporte Coletivo (Rede Urbanidade), criada em novembro de 2019, é uma iniciativa da Prourb, em parceria com estudiosos e representantes de organizações que se dedicam à causa da mobilidade. O grupo tem como objetivo assegurar a participação efetiva da sociedade na elaboração, na implementação e na fiscalização da política local de mobilidade urbana. Além disso, pretende ser um espaço democrático de articulação, discussão e busca de soluções para os desafios existentes nessa área, na perspectiva do desenvolvimento sustentável.

*Com informações do MPDFT

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE