Adoção

Tribunal de Justiça estreia programa de preparação para adoção a distância

O programa é requisito previsto no Estatuto da Criança e do Adolescente para a adoção. A duas primeiras turmas da modalidade têm 20 famílias participantes

Correio Braziliense
postado em 25/11/2020 20:32

O Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios (TJDFT), por meio da Vara da Infância e da Juventude, estreou esta semana o Elos, programa de preparação para adoção EAD. Participam 20 famílias separadas em duas turmas, interessadas em adotar crianças e adolescentes no DF. Todo o conteúdo para capacitação foi adaptado para a modalidade a distância.

O programa era anteriormente oferecido presencialmente, mas foi suspenso como medida de prevenção ao contágio do novo coronavírus nas unidades judiciárias e administrativas do Tribunal. O Estatuto da Criança e do Adolescente pede, como requisito para a adoção, a preparação no processo judicial de habilitação dos interessados no Sistema Nacional de Adoção e Acolhimento (SNA).

O conteúdo da plataforma, jurídico e psicossocial, foi desenvolvido com o apoio da Escola de Formação Judiciária do TJDFT. As turmas inscritas vão poder acessar o conteúdo para realizar a leitura e as atividades até o dia 17 de dezembro. Os conteúdos são liberados semanalmente e as famílias terão um webinartoda semana, com a equipe de psicólogos e assistentes sociais.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE